Categorias
Jardim

Pontos Mortos na Grama: Como Diagnosticar e Recuperar

É comum nos gramados aparecerem pontos mortos na grama. Seu tapete verde acaba ficando com aspecto feio em algumas partes e se não tratado pode se espalhar.

É comum nos gramados aparecerem pontos mortos na grama. Seu tapete verde acaba ficando com aspecto feio em algumas partes e se não tratado o problema pode se espalhar.

As vezes o motivo do pontos morto na grama é facilmente diagnosticado, porém outras vezes pode ser um desafio. Que tal aprender algumas causas desse problema?

O primeiro passo é descobrir o que está causando os pontos mortos na grama, o segundo passo é corrigir o problema, e o terceiro é recuperar a grama daquele local.

Principais causas para o aparecimento de pontos mortos na grama

Urina de pets ou algum outro animal

Muita gente não sabe, mas seu pet pode fazer com que apareçam pontos mortos na grama.

Se você notar, a mancha vai fica cada vez maior, isso porque os cães e gatos costumam urinar mais ou menos no mesmo local, principalmente as fêmeas (não é uma regra), matando cada fez mais a grama ao redor.

Mancha de Urina de cachorro na grama
Fonte: Melanie

Por que a urina de animais mata sua grama?

Isso ocorre devido a alta concentração de nitrogênio. A urina animal é composta basicamente de água e uréia (que é uma das formas das plantas obterem nitrogênio). Porém, ao contrário de fazer bem às plantas, causa problemas.

A alta concentração de nitrogênio está concentrada em um único ponto, o que acaba queimando a grama.

Você notará que a medida que se afasta do ponto onde o animal urinou a grama ficará mais verde e maior. Isso é resultado da diluição do nitrogênio (quando mais longe do local, menos concentrado) e com isso ao invés de mal, o nitrogênio faz um efeito de adubação na planta.

Fonte: FLICKR FOTOFIGG

Além disso, é importante dizer que cães fêmeas causam mais manchas de grama morta do que os machos, visto que elas urinam em um ponto só, ao contrário dos machos que tendem a urinar menos, mas em vários locais.

Como evitar que a urina animal mate a grama?

Calma, você não precisa proibir seu cachorro de usar o gramado, mas é importante que você jogue água no local da urina, para diluir o nitrogênio expelido. Dessa forma, você acaba adubando aquela parte do gramado.

Como recuperar pontos mortos na grama pela urina?

Se a mancha for pequena,menor do que 10 cm de diâmetro, simplesmente evite o uso daquele mesmo local pelo animal.

Não é necessário fazer nada a grama ao redor vai crescendo em direção a parte morta da grama e em pouco tempo desaparecerá.

Se o local for grande retire a grama morta, não é necessário tirar tudo, mas tente retirar o máximo que puder.

Depois disso, pegue um pouco de terra vegetal ou de qualidade, coloque em um balde e misture algumas sementes da mesma grama do seu gramado. Espalhe essa terra com sementes onde a grama morta estava e mantenha úmido até a germinação da grama.

Queimadura por Sal

Eu sei que isso parece ser improvável, mas isso é muito comum de ocorrer no exterior e pode ocorrer em situações específicas aqui no Brasil.

No exterior, nos locais onde há neve, o sal é utilizado para derreter o gelo das estradas e o sal acaba indo para a vegetação nas beiras das estradas e gramados quando o carro passa por cima.

No Brasil, o sal é muito utilizado para matar lesmas e caracóis e as vezes as pessoas jogam sal diretamente nelas, quando estão na grama, nos vasos de plantas etc.

As regiões costeiras os gramados podem ser invadidos pela água salgada por meio de tempestades e marés altas.

fonte: Barbara, ©2017 HGIC Clemson Extension

O cloreto de sódio (sal) quando dissolvido na água forma íons sódio e cloreto. Esses íons dissolvidos, em altas concentrações, podem deslocar outros nutrientes minerais do solo. As plantas então absorvem o cloro e o sódio em vez dos nutrientes necessários, como potássio e fósforo, levando a deficiências. Os íons cloreto podem ser transportados para as folhas onde interferem na fotossíntese e na produção de clorofila. O acúmulo de cloreto pode atingir níveis tóxicos, causando queima de folhas e morte.

Morte da grama por pragas

Várias são as pragas que podem causar pontos mortos na grama, veja abaixo as principais delas.

Paquinha (Grylothalpa hexodactyla)

Em altas umidades e temperaturas essa praga é comum de aparecer nos gramados.

Infestações podem ser de difícil detecção e as pessoas só se dão conta desse inseto quando a quantidade de ninfas é tão grande que o controle se torna muito custoso.

Fonte: Rede agronomia

Vivem enterradas no solo e se alimentam das raízes da grama.

Conheça mais sobre essa praga através do vídeo:

Como detectar paquinhas em seu gramado?

As paquinhas formam um monte de terra na superfície da grama, lembrando um formigueiro.

Um método prático para a determinação da presença de paquinha é a aplicação de uma mistura de água e detergente, com o regador, no gramado. Esse inseto virá à superfície em alguns minutos.

Como controlar paquinhas?

Indica-se o uso de iscas tóxicas, você mesmo pode fazer uma através de 1 kg de farelo de trigo, 100 ml de óleo de neem, 200 gramas de açúcar ou melaço e 500 ml de água.

Misture tudo em um recipiente até formar uma massa, que deve ser enrolada em forma de bolinhas de 2 a 3 cm com uso de luvas, devido à presença do inseticida.

As paquihas serão atraídas pelo cheiro do melaço e do trigo, mas se envenenarão com o óleo de neem.

Você também pode utilizar água com detergente para matar os insetos, mas dessa forma você precisará buscar por cada sinal da praga, como no vídeo acima.

Corós no gramado

Os corós de grama nada mais são do que larvas de besouros da família Melolonthidae. São comuns de se encontrar nos jardins por serem nativos do Brasil.

fonte: Mais Soja

Essas larvas se alimentam das raízes da grama, reduzindo a capacidade da grama de absorver água, nutrientes e resistir ao estresse hídrico.

fonte: itograss

Para identificação, aparecem pontos mortos na grama de forma irregular e a grama murchará. A área do gramado ficará macia e esponjosa e, assim, será fácil removê-lo.

Como controlar corós na grama?

Um método de controle de corós muito fácil e eficiente é andar pelo gramado 4 ou 5 vezes usando uma bota com pregos na sola.

Os pregos devem ter 5 cm e estarem separados por cerca de 1 cm. Já que a maioria dos corós vive a uma profundidade de 1 a 6 cm e come as raízes da grama. Ao andar pela grama você elimina essa praga.

Fonte: mercado livre

Cupim de grama

Os cupins que atacam gramados são conhecidos como papa-grama, cupins, cupim-de-gramado, eles forrageiam gramíneas, cortando-as em pequenos pedaços e carregando-as para seus ninhos subterrâneos.

Possuem hábitos noturnos, mas seus sintomas podem ser vistos durante o dia, formam-se caminhos e pontos mortos na grama em vários locais do gramado.

Caminhos feitos por cupim

Veja um aspecto muito comum encontrado nas gramas do Brasil depois de sofrerem ataque de cupins:

O combate aos cupins de grama é feito através de inseticidas químicos próprios, mas há métodos caseiros também, repelentes de insetos à base de plantas como o neem, manjericão, fumo, alho, cebola, pimenta, lavanda etc.

Pontos mortos na grama devido a doenças

Clarireedia jacksonii e C. monteithiana (Mofo branco)

Em 2018, verificou-se que o patógeno anteriormente conhecido como Sclerotinia homeocarpa não fazia parte do gênero Sclerotinia nem da família Sclerotinaceae. Com isso criou-se um novo gênero para chamar esse patógeno, o gênero Clarireedia.

fonte: GUARDIAN LAWN CARE

É uma doença fúngica que ocorre em todas as espécies de grama de clima quente. Formam-se manchas de cor palha no gramado. As lesões cor de palha se estendem através da folha.

Essa doença fúngica mostra sinais fúngicos que se assemelham a um mofo na grama, veja na imagem abaixo o aspecto dessas estruturas:

fonte: Pepper’s Home & Garden

Como combater e controlar o mofo branco da grama

Para combater essa doença é necessário evitar irrigações no final da tarde e a noite e não deixar a planta sofrer estresse hídrico.

Aerificação e remoção de palha após o corte são fundamentais, isso permitirá que as folhas sequem mais rápido.

Além disso, mantenha o nível de potássio e nitrogênio moderados. Aplicações freqüentes de nitrogênio aumentam a capacidade de recuperação da planta, permitindo que o gramado esconda os sintomas do mofo branco e se recupere de qualquer dano sofrido.

Rhizoctoniose (Mancha marrom)

A mancha marrom é uma doença fúngica comum em gramados causada por espécies do gênero Rhizoctonia, geralmente Rhizoctonia solani. A doença ocorre em todas as espécies de grama de clima quente.

Fonte: John Kaminski

Os sintomas dessa doença são manchas circulares de cor amarelo a marrom de tamanhos variados que podem alcançar metros. Lesões marrons escuros podem ser visíveis nos estolões.

Fonte: John Kaminski

O método mais eficaz para evitar essa doença é adquirir variedades resistentes a doença, mas como sei que não é algo tão comum aqui no Brasil, vamos enumerar alguns métodos de controle e métodos preventivos.

Algumas das práticas de manejo incluem reduzir a palha, fornecer drenagem adequada e remover o orvalho em climas quentes e úmidos.

O orvalho pode ser removido com um soprador de mochila ou arrastando uma mangueira pela grama.

Para combater essa doença a adubação nitrogenada e com bom nível de fósforo são essenciais, aumente a altura da poda e não irrigue durante a tarde/noite.

Se você trabalha com gramas, aplique fungicidas ao primeiro sinal de sintomas de manchas marrons.

Gaeumannomyces graminis (Mal-do-pé)

O fungo do mal-do-pé é, quase exclusivamente, parasita de gramíneas, embora existam
relatos ocasionais sobre a ocorrência em outras famílias.

fonte: John Kaminski

A doença é severa em épocas frias e úmidas e com solo com pouca drenagem. Solos com pH alto, pobres em matéria orgânica e com elementos minerais desbalanceados também favorecem também a doença.

fonte: John Kaminski

Os sintomas incluem folhas amareladas e descoloridas nos estágios iniciais para pontos mortos na grama e marrons conforme a doença progride.

As áreas infectadas geralmente são arredondadas de vários centímetros a metros, mas podem ter formato irregular.

Muitas vezes você verá plantas daninhas de folhas largas crescendo no meio dessas manchas.

A prevenção é melhor do que a cura, por isso siga as indicações abaixo para evitar essa doença:

  • Corte a grama regularmente
  • Escarifique a cada dois anos para reduzir a palha
  • Fertilize o gramado pelo menos uma vez por ano com um fertilizante de boa qualidade e de liberação lenta
  • Mantenha o pH do solo entre 5,5 e 6.

Caso pontos mortos na grama já estejam aparecendo devido a doença, retire toda a grama infectada do local, em um recipiente coloque terra de boa qualidade e misture algumas sementes da grama que possui no local. Espalhe essa terra com sementes onde retirou a grama infectada e molhe regularmente.

Aplicação de herbicidas ou outros produtos químicos

Geralmente a aplicação errônea de produtos químicos causam muitos problemas ao gramado. Ao tentar controlar uma planta daninha, ou uma praga, pode ocorrer algum erro se o produto não for bem escolhido ou aplicado.

Um dos produtos que mais causam pontos mortos na grama é o glifosato (roundup).

Acidente na aplicação de herbicida
fonte: Garden Stack Exchange

Queima por Fertilizante

Aplicar fertilizante em excesso em seu gramado pode queimar as folhas e deixar pontos mortos na grama. 

fonte: Garden Stack Exchange

Caso aconteça de você derramar fertilizante em excesso, regue bem e o mais rápido possível o local para lavar o excesso de nutrientes, principalmente o nitrogênio. 

Ao aplicar fertilizante, lembre-se de fazer movimentos constantes espalhando o fertilizante no gramado.

fonte: ExperiGreen

Veja também o nosso artigo sobre gramas: SAIBA COMO ESCOLHER A MELHOR GRAMA PARA SEU JARDIM.

Conclusão

Como puderam ver através desse artigo, pontos mortos de grama podem ser ocasionados por vários fatores. O diagnóstico da causa não é tão simples, visto que muitas delas são semelhantes.

É necessário, portanto, analisar bem cada caso. Se seu jardim for fechado e não tiver nenhum tipo de animal de estimação, você não deve pensar que seja por urina, por exemplo. Essa deve ser a última hipótese.

Se você não aplica fertilizantes químicos, não pense em queimadura devido a fertilizantes e assim você vai eliminando as hipóteses para chegar na causa.

Não há como eu definir através do artigo a causa exata dos pontos mortos de grama, mas use esse artigo como um guia para ajudá-lo.

Foto da capa: John Kaminski

Por Gilberto Cardoso

Olá! Meu nome é Gilberto e sou o fundador do Pergunte ao Agrônomo. Nesse site você encontrará vários artigos completos e com uma linguagem simples,para que tenha plantas sempre bonitas em sua casa. Sou formado em Agronomia pela UFV, especialista em Agronegócios e orquidófilo por mais de 15 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sair da versão mobile