Como muita gente sabe, joaninhas são extremamente benéficas para o seu jardim, controlando pragas e evitando, portanto, a necessidade de aplicar qualquer tipo de inseticida. Constituem um dos grupos mais eficientes no controle de pulgões.

Esses pequenos insetos são encontrados em diversos gêneros e há espécies com diferentes características entre elas.

Continue lendo para descobrir as características das joaninhas, quais pragas elas conseguem controlar e como atraí-las e mantê-las em seu jardim.

plantas para atrair joaninhas

O que são as Joaninhas

As joaninhas são besouros predadores da família Coccinellidae. Podem ter diferentes cores já que existem mais de 5 mil espécies.

Esses besouros medem entre 0,3 mm e 10 mm de comprimento e possuem um par de antenas com função sensorial e dois pares de asas. Essas asas ficam embaixo dos élitros, geralmente são coloridos, duros e resistentes. Possuem também seis pernas.

Ciclo de vida das joaninhas

O ciclo de vida da joaninha começa na fase dos ovos, elas são capazes de ovipositar de 10 a 50 ovos e fazem isso em locais onde após a eclosão as larvas terão alimento, ou seja, ovipositam onde há pragas como pulgões, cochonilhas, ácaros etc.

A segunda fase do ciclo de vida das joaninhas é a fase de larva, elas eclodem após apenas 4 dias da oviposição (o ambiente pode modificar esse tempo, para mais ou para menos).

Quem vê pela primeira vez pode se espantar com as larvas e com razão.

larva de joaninha na folha
fonte: pixabay

No estágio larval, uma única larva pode consumir dezenas de pulgões por dia, além de poderem se alimentar de outras pragas de corpo mole incluindo ovos da própria espécie, ou seja, ovos de joaninhas.

O próximo estágio é o de pupa. A pupa é geralmente amarela ou laranja com manchas pretas. A pupa permanece presa a uma folha, durante todo esse estágio. Esse estágio pupal dura de 3 a 12 dias.

pupa de joaninha na folha
fonte: pixabay

A última fase é a adulta ou de besouros. As características dessa fase já foram explanadas no tópico acima.

O ciclo de desenvolvimento da joaninha requer cerca de quatro a oito semanas, dependendo da temperatura e disponibilidade de alimentos e a maioria dos adultos vive cerca de um ano.

Em resumo:

esquema do ciclo de vida das joaninhas
Fonte: Vecteezy

Do que se alimentam as Joaninhas?

As joaninhas são inofensivas para os seres humanos e algumas espécies têm sido amigos das plantas e das culturas agrícolas.

O principal alimento das joaninhas são pulgões, ácaros, cochonilhas, moscas brancas e outros insetos sugadores e problemáticos que infestam as plantas, além de ovos do besouro dos aspargos (Crioceris asparagi).

Apenas uma joaninha pode comer 5.000 pulgões em toda sua vida.

joaninhas predadoras vorazes

Joaninhas também comem plantas?

Muita gente não sabe, mas algumas espécies de joaninhas podem se alimentar de vegetais, são espécies da subfamília Epilachninae. Os membros dessa subfamília (não são todos) são em grande parte ou completamente herbívoros.

A maioria das espécies dessa subfamília se alimenta apenas de uma espécie de planta ou, no máximo, de uma faixa estreita de espécies. Algumas dessas plantas são o espinafre, algodão, brássicas (couve flor, brócolis, couve, acelga, repolho, mostarda, agrião e outras), além de algumas espécies atacarem grãos de milho, soja, feijão e outras leguminosas.

Um exemplo de joaninha que se alimenta de plantas é o Epilachna varivestis, também conhecido como besouro do feijão.

especie de joaninha comendo folhas
fonte: wikipedia

Significado das Joaninhas para o Feng Shui

As joaninhas são consideradas um símbolo de boa sorte e felicidade em muitas culturas em todo o mundo. 

Feng shui é uma arte antiga que trabalha com forças energéticas para harmonizar os indivíduos com o ambiente ao seu redor, melhorando o fluxo em sua vida. 

É originária da China, porém estudada em todo o mundo. Nos princípios do feng shui, os símbolos da natureza são tão poderosos como professores, e embora não seja uma imagem tradicional, a simbologia da joaninha pode ser aplicada a sorte.

No feng shui, o vermelho é a cor mais auspiciosa e sortuda, se relaciona à energia do fogo, um dos cinco elementos. Esse elemento está relacionado à vitalidade, expansão e atrai qi positivo (energia da força vital). 

Ao trazer vermelho para um espaço pode convidar a energia dinâmica e próspera, além de ser protetora, como a joaninha, protegendo as plantas de pragas. Essas qualidades também se aplicam à variação laranja das joaninhas. 

O preto também faz parte da coloração desses insetos. Na teoria das cores do feng shui, a cor preta está ligada ao elemento água que simboliza sabedoria, elegância, energia fluida, e a energia da água negra também ajuda a atenuar o qi vermelho ardente.

Plantas que atraem joaninhas

Agora que eu já te informei tudo sobre as joaninhas, vamos aprender como atraí-las para seu jardim e deixar suas plantas protegidas?

Álisso (flor-de-mel) – Lobularia maritima

Em algumas regiões é fácil de ser encontrada, mas eu particularmente nunca vi essa planta em floriculturas em minha região. É uma das plantas mais fáceis de comprar em floriculturas na América do Norte.

Exala um perfume de mel pelas flores e esse é o motivo de conseguir atrair vários insetos, inclusive a joaninha.

São plantas herbáceas muito duráveis e produzem muitas flores. Seu ciclo de vida é anual.

flor da flor-de-mel
fonte: pixabay

Detalhe de um jardim coberto pela flor de mel:

flor-de-mel plana atrai joaninhas
fonte: pixabay

Coentro – Asclepias tuberosa

Coentro (Coriandrum sativum) é uma planta herbácea de flores brancas ou cor-de-rosa. Conhecido também como salsa chinesa, o Coentro tem as folhas parecidas com as da salsa, porém mais arredondadas e serrilhadas, de cor verde-escura.

É uma planta arbustiva e possui um ciclo de vida curto. Aqui no Brasil, o consumo é principalmente das folhas usadas em saladas e pratos salgados

flor de coentro

Endro – Coriandrum sativum

Também conhecido como aneto é uma erva aromática, anual e pode ser usada tanto na culinária quanto de forma medicinal.

Possui caules ocos, mede 30 a 45 cm de altura, mas pode atingir alturas maiores.

As folhas são formadas por um grande número de filamentos, como se fossem penas de aves; o conjunto dos caules e folhas tem cor verde azulada.

endro planta atrai joaninhas
fonte: Buffalo Botanical Gardens

Salsa – Petroselinum crispum

Essa todos conhecem, seu uso é muito comum na culinária.

A salsa é uma herbácea aromática, cujo ciclo de vida é bianual. Não alcança grandes alturas, seus talos podem chegar a 60 cm de comprimento.

Não é exigente em luz solar se adaptando as mais diversas iluminações, a salsa exige um solo fértil, uniformemente úmido e bem drenado.

salsa atrai joaninhas
Fonte: Pixabay

Erva-lombrigueira – Tanacetum vulgare

Essa planta é conhecida por vários nomes: atanásia, erva-lombrigueira, erva-das-moscas, erva-de-são-marcos, erva-dos-vermes, palminha e tanaceto.

Gosta de sol pleno, solo fértil e bem drenado, ou seja, solos que não acumulam água. Consegue se adaptar a diferentes tipos de pH do solo.

Erva-lombrigueira atrai insetos

Picão – Coreopsis spp.

Para surpresa de muitos, essa planta também é atrativa para joaninhas.

O picão é uma planta perene, gosta de sol pleno, e não é muito exigente quanto a qualidade do solo, vamos ser sinceros aqui, essa planta não é nada exigente quanto a isso.

Aqui no Brasil consegue estar presente em muitos jardins crescendo de forma invasora.

picão atrai joaninhas
fonte: pixabay

Mil-folhas – Achillea millefolium

A mil-folhas é uma planta perene aromática, muito valorizada por sua folhagem composta, e em formato de pena, semelhante a uma samambaia.

A planta atinge de 30 a 50 centímetros de altura, precisa de boa incidência de luz solar na área de cultivo, pois floresce somente em locais com fotoperíodo acima de 12 horas.

flores da Mil-folhas

Cravo-amarelo – Tagetes spp.

Essa planta possui vários nomes populares como cravo-de-defunto, flor-dos-mortos, cravo-amarelo, cravo-africano, cravo-da-índia e rosa-da-índia.

Precisa ser cultivada em um local bem ensolarado, e o solo ideal para ela é um bem fértil com pH entre 6 e 7.

São muito exigentes em água e nutrientes, portanto não descuide delas.

Cosmos – Cosmos bipinnatus

Cosmos são nativos da América do Sul e da América Central, sendo assim, precisam ser plantados em um local quente e ensolarado.

Essa planta deve ser cultivada em solo úmido, mas bem drenado, e em pleno sol.

É uma planta cujo ciclo de vida é anual e suas flores podem ser de diferentes cores, incluindo rosa, alaranjado, vermelho, amarelo, branco e marrom.

flor do cosmos atrai joaninhas

Gerânio de cheiro – Pelargonium spp.

O gerânio de cheiro é uma planta perene, desenvolve-se até 1,30 m de altura com um espalhamento de 1 m de largura.

Importante dizer que os Gerânio-de-cheiro não são iguais aos gerânios, eles pertencem a gêneros diferentes, apesar de serem da mesma família Geraniaceae.

Ele pode ser cultivado tanto em vasos quanto em jardins/canteiros. São plantas exigentes em iluminação e um solo de qualidade, bem drenado.

Cominho – Carum carvi

Essa planta possui vários nomes, como Cariz, Cominho, Cominho-armênio, Cominho-dos-prados, Cominho-romano, Cúmel (Kümmel, Sul e Sudeste do Brasil), Alcarávia, Alcarávea, Alcaróvea, Alquirévia, Cuminho ou Cominho-de-montanha.

Pertence a mesma família do aipo, cenoura, nabo, erva-doce, salsa e outras plantas com flores perfumadas.

O solo para cultivar essa planta deve estar com o pH entre 6 e 7,5 e deve ser rico em matéria orgânica. Irrigue de forma moderada, ou seja, não deixe o solo seco por longos períodos, mas aguarde que seque para efetuar nova irrigação.

Dente-de-leão – Taraxacum Officinale subsp. vulgare

Assim como o picão, essa planta não é nada exigente na qualidade do solo, em água, em nutrientes. Consegue se adaptar muito bem a diversos ambientes e cresce muitas vezes de forma invasiva nos jardins.

Porém é uma planta que as joaninhas gostam, então considere deixá-las em seu jardim.

Taraxacum Officinale subsp. vulgare 2 pixabay
fonte: Susann Schuster

Como fazer casas para joaninhas

Após aprender a atrair joaninhas para o seu jardim, que tal fazer uma casinha para mantê-las nele?

Veja o vídeo abaixo para aprender a fazer um hotel para joaninhas e outros insetos:

Inspire-se em outros exemplos para fazer sua própria casa de joaninhas

abrigo para joaninhas
fonte: HGTV
abrigo caseiro para joaninhas
fonte: Dornob
abrigo caseiro para joaninhas
fonte: Garden Betty
abrigo para insetos
fonte: Imagine Childhood
abrigo para insetos
fonte: Istock
abrigo para insetos
fonte: ArchZine

abrigo para insetos
fonte: ArchZine
abrigo para joaninhas
fonte: selbst.de
abrigo para insetos
fonte: Brigitte

abrigo para joaninhas
fonte: Fresh IDEEN
abrigo para insetos
fonte: Only Passionate Curiosity

Conheça alguns tipos de joaninhas

Adalia decempunctata var. decempustulata

Adalia decempunctata var. bipustulata

Adalia decempunctata var. bipustulata Pudding4brains
fonte: Pudding4brains

Anatis labiculata

Anatis labiculata Gary B
fonte: Gary B

Aphidecta obliterata

Cycloneda sanguinea

Nem toda joaninha possui pintas, e essa espécie é um exemplo disso.

Cycloneda sanguinea freepik
fonte: freepik

Coleomegilla maculata

Coleomegilla maculata Maryland Biodiversity Project
fonte:
Maryland Biodiversity Project

Coccinella transversalis

Esse inseto foi descrito pela primeira vez pelo zoólogo dinamarquês Johan Christian Fabricius em 1781 como ”Coccinella transversalis” e ainda leva seu nome original.

Coccinella transversalis Picture worl
fonte: Picture .worl

Coccinella septempunctata

Coccinella septempunctata BioDiversity4All
fonte:
BioDiversity4All

Larva dessa espécie:

Coccinella undecimpunctata

Espécie de joaninha endêmica (que ocorre exclusivamente) da Europa, Norte da África, Rússia Europeia, Cáucaso, Sibéria, Extremo Oriente russo, Ucrânia, Moldávia, Cazaquistão, Ásia Central, Ásia Ocidental, Afeganistão, Mongólia, China, Paquistão, Norte da Índia.

Estágio larval da espécie:

Coccinella miranda

Coccinella miranda Pudding4brains
fonte: Pudding4brains

Larva da espécie:

Coccinella miranda Larva
fonte: Pudding4brains

Hippodamia convergens

Essa espécie de joaninha pode ser encontrada do Canadá até aqui, na América do Sul.

Hippodamia convergens BioDiversity4All
fonte: BioDiversity4All

Synonycha grandis

Synonycha grandis Vodkaman
fonte: Vodkaman

Diabrotica speciosa é joaninha?

Eu já vi algumas pessoas confundindo a nossa querida joaninha com essa outra espécie de inseto, conhecida como vaquinha.

Apesar de terem algumas características semelhantes, e inclusive ter pintas, a Diabrotica não pertence a mesma família das joaninhas, apesar de estarem na mesma ordem Coleoptera (besouros).

Diabrotica speciosa
fonte: embrapa

A vaquinha é uma praga muito conhecida de várias culturas na agricultura, como alho, batata, batata yacon, berinjela, beterraba, brócolis, canola, cebola, couve, couve-flor, ervilha, feijão, flores, fumo, gergelim, girassol, hortaliças e várias outras.

Doações de Joaninhas em Belo Horizonte

Você sabia que moradores de Belo Horizonte conseguem adquirir joaninhas de forma gratuita?

A prefeitura de Belo Horizonte possui uma Biofábrica que cria e distribui insetos.

Qualquer morador de Belo Horizonte pode solicitar os insetos através do portal de serviços da prefeitura.

O kit enviado com cerca de 30 larvas de joaninha e instruções sobre como manusear os insetos e sobre a importância ambiental do controle biológico.

No site da prefeitura tem todas as informações necessárias para solicitar as joaninhas, basta clicar no botão abaixo.

Conclusão

Esse artigo te mostrou várias coisas muito interessantes, como por exemplo que a maior parte das joaninhas são insetos benéficos para suas plantas, pois são capazes de se alimentar de várias pragas em seu jardim.

Conheceu algumas espécies, algumas bem diferentes dos habituais, seu hábito de alimentação, ciclo de vida e também uma espécie que também se alimenta de plantas.

Você pôde conhecer 12 plantas que atraem as joaninhas para o seu jardim, algumas bem fáceis de encontrar e cultivar. Além de atraí-las você conseguirá mantê-las em seu jardim com as casinhas de joaninhas e outros insetos que aprendeu a azer nesse artigo.

Participe do Grupo do Telegram 1
42 Shares:
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezessete − quinze =

Você também pode gostar: