Pontuação dos leitores
[Total: 3 Média: 5]

Existem diversos tipos de lírios, são mais de 1000 espécies. São plantas muito ornamentais e fáceis de cultivar. Por esse motivo são muito utilizadas em decorações.

Como todas as plantas, mesmo que seja uma planta fácil de ser cultivada, se não souber do que ele gosta, vai acabar matando sua planta em pouco tempo.

Por isso, siga as dicas abaixo para não errar e ter lindos lírios em sua casa.

Lendo

Origem

Os lírios são nativos de diversos locais como Ásia, Europa, América do Norte. Alguns exemplos são: Afeganistão, Alabama, Albânia, Áustria, Bielorrússia, Centro-Norte da China, Centro-Sul da China, Sudeste da China, Chita, Colorado, Flórida, França, Geórgia, Alemanha, Grécia, Hungria, Idaho, Illinois, Índia, Indiana, Nova Jersey, Novo México, Nova York, Tailândia, Ucrânia e muitos outros.

No mapa abaixo você verá os locais onde os lírios são nativos (em verde) e os locais onde foram introduzidos (em roxo).

Distribuicao lirios
Fonte: plants of the world online

Pela distribuição mundial, é de se entender que são plantas comuns de serem encontradas em jardins, ainda mais por existirem mais de 1000 espécies dessa planta.

Os lírios são do gênero Lilium, que são os chamados lírios verdadeiros. Algumas pessoas chamam incorretamente de lírios plantas de outro gênero, como o lírio do dia (do gênero Hemerocallis) e várias outras plantas da família Amaryllidaceae.

Características gerais dos lírios

Os lírios verdadeiros são plantas perenes (que dura longos anos), com caules folhosos, bulbos escamosos, folhas geralmente estreitas e flores solitárias ou agrupadas.

lírios rosas
Lírio rosa

As flores são constituídas por seis segmentos parecidos com pétalas, que podem ter a forma de uma trombeta,

As flores de algumas espécies são bastante perfumadas e ocorrem em uma grande variedade de cores. As plantas da maioria das espécies variam em altura de 30 a 120 cm; as plantas de certas espécies, entretanto, excedem 2,5 m de altura.

Como cultivar Lírios

Para que você cultive essa planta de forma correta, é necessário que conheça um pouco sobre o cultivo, principalmente em relação a umidade.

Siga as dicas abaixo para ter lírios bem cuidados.

Temperatura e iluminação ideal

Os lírios se dão muito bem em climas tropicais, mas aceitam uma variação grande de temperatura.

Como visto na primeira parte do artigo, ele é encontrado tanto em regiões mais ao norte (onde o clima costuma ser mais frio) quando em regiões mais tropicais (áreas mais quentes).

Essa variação não é somente pela planta, tudo depende da espécie de lírio que possui, algumas são de climas mais amenos, outras de climas mais quentes.

lírio vermelho e amarelo
Lírio vermelho e amarelo

De forma geral, os lírios precisam ter ao menos algumas horas de iluminação direta para se desenvolverem adequadamente.

Como irrigar lírios

Muitas pessoas recomendam o contrário que falarei agora, mas segundo a Sociedade Norte Americana de Lírios (North American Lily Society), o ideal é que a planta fique quase sempre com alguma umidade.

Importante destaqcar que não se deve deixar a planta encharcada de água, apenas um pouco úmida.

Portanto, não deixe seus lírios secos por muito tempo durante o crescimento dele, mesmo que ele tolere ficar um tempinho seco.

Solo ideal para cultivar lírios

É muito importante que a terra onde cultivará o lírio seja rica em nutrientes e bem porosa, ou seja, uma terra bem drenante para que a água não se acumule e a planta não fique encharcada.

Uma técnica simples é acrescentar 1/3 de areia na terra onde irá plantar o lírio.

Para melhorar a qualidade da terra você pode utilizar esterco ou o bokashi.

Tratos culturais dos lírios

Os tratos culturais são técnicas utilizadas para que suas plantas fiquem saudáveis, bonitas, dure por mais tempo, evita pragas e doenças e outras vantagens.

Esses tratos culturais podem ser a poda, uma simples capina no entorno da planta, a retirada de folhas doentes etc.

Nos lírios, para que sua planta floresça ano após ano é necessário que após a floração se retire as flores e hastes secas.

podar lírios
Fonte: P. Allen Smith

Isso vai garantir que a próxima floração venha flores maiores e mais vigorosas.

poda lírio
Fonte: P. Allen Smith

Quando cortarem as flores para enfeite, recomenda-se que se retire o pólen das flores, essa planta produz uma grande quantidade dele e pode sujar roupas e as próprias flores.

polen lírios
FONTE: P. ALLEN SMITH

Como propagar lírios

Existem ao todo 6 formas de se propagar os lírios. E todos esses métodos são bem simples. Vou falar sobre alguns desses métodos nesse artigo.

Plantio de bulbos

Esse é um dos métodos mais comuns de propagação dos lírios, são dessas estruturas que as plantinhas nascem.

bulbos lírios
Fonte: Van Meuwen

Propagação por sementes

Esse é o método mais demorado de propagação de qualquer planta, visto que é necessário aguardar a planta virar adulta, florescer, dar as sementes. Após isso, é necessário mais tempo para que a planta se desenvolva completamente.

sementes de lírios
Sementes de Lírios
Fonte: TreeGuy

Para que você veja as flores de uma planta que se desenvolveu através de sementes pode demorar anos.

sementes de lírios

Através das sementes é que fazem novos híbridos de lírios. Cruza-se uma variedade com outra e o resultado desse cruzamento será um novo híbrido.

Divisão de touceiras

Lírios crescem a partir de bulbos, sendo assim, a medida que eles vão crescendo e chegam a um certo tamanho o próprio bulbo se divide naturalmente. A planta resultante dessa divisão é idêntica a planta mãe.

Se deixarmos a planta naturalmente no jardim, essas divisões ocorreriam e formariam-se grandes touceiras.

Para ver se sua planta está se dividindo é muito simples, basta verificar se outra mudinha está emergindo da terra, junto a planta adulta.

Após isso, basta escavar toda a planta, com cuidado e separar os bulbos que se descolarão facilmente.

A melhor época para isso é após o florescimento.

Plantio das gemas

Esse método é específico para o lírio tigre.

lírio tigre
Lírio tigre

As gemas são pequenas, escuras, arredondadas que crescem na junção da folha com o caule.

gemas lírios
Fonte: Tanya

Naturalmente essas gemas caem no chão e começam a germinar, mas você também pode retira-las e plantar diretamente no solo.

Esse método de propagação é mais rápido do que o via sementes.

Plantio de “escamas” (ou dentes)

Antes de tudo vou fazer uma comparação para justificar o nome que dei, “dentes”.

Todos conhecem o alho. Têm o bulbo inteiro dele e quando descascamos há os dentes (que formam esses bulbos).

Esse método de propagação é exatamente isso, os bulbos dos lírios são formados por esses dentes e cada um pode ser plantado para formar uma nova muda.

O ideal é que se espere algumas semanas após a floração terminar para retirá-los.

Para coletar as escamas, desenterre a planta adulta e retire as escamas mais externas, sem que prejudique o bulbo principal. Retire no máximo 8 dentes do bulbo maduro.

Propagação por “bulblets” (bulbos jovens)

Os “bulblets” são bulbos jovens que se desenvolvem no subsolo ao longo da raiz do caule entre o bulbo primário e a superfície do solo. 

Desenterre o lírio, arranque cada um dos pequenos bulblets que crescem ao longo das raízes e coloque a planta principal de volta no solo. 

Plante os bulbos jovens para que cresça uma planta de cada um deles.

Propagação pelo caule

Você também pode propagar os lírios usando os caules ou folhas. 

Retire uma folha com um pouco de tecido do caule preso, mergulhe-a em um enraizador durante um tempo e plante-a em areia úmida ou solo úmido. 

Você pode pegar o caule e fazer o mesmo. Após cerca de um mês, um pequeno bulbo e raízes irão se formar. 

O pequeno bulbo pode ser transplantado e tratado como uma nova planta.

Como cultivar lírios em vasos

Os cuidados para cultivar lírios em vasos são os mesmos, faça uma camada de drenagem para que a água não acumule no fundo do vaso e use uma terra porosa e de boa qualidade.

Talvez você precise colocar algum adubo orgânico de tempos em tempos, isso porquê o lírio absorve os nutrientes da terra e o adubo serviria para repor esses nutrientes absorvidos. O bokashi é uma ótima opção.

Como plantar lírios através de bulbos

Diferente das sementes os bulbos não podem ser plantados na superfície da terra. Como eles crescem muito na vertical, precisam de uma base bem fixa para não tombarem.

Por isso reafirmo para utilizarem uma terra bem porosa e de boa qualidade, para que a planta possa crescer quase que do fundo do vaso para a superfície.

Para plantar os bulbos é bem simples:

Selecione um vaso alto:

vaso para lírios
FONTE: VAN MEUWEN

Coloque uma pequena camada de drenagem, e forre com terra. A camada de drenagem mais a terra não pode passar do meio do vaso.

Como os lírios crescem muito na vertical, se você plantar na superfície do vaso, eles podem acabar tombando com o tempo.

Posicione os bulbos dos lírios em cima dessa primeira camada de terra:

plantando lírios
FONTE: VAN MEUWEN

Complete o vaso com terra

como plantar lírios
FONTE: VAN MEUWEN

O lírio azul existe? Quais são as cores dos Lírios?

O lírios podem ser de diversas cores, brancos, amarelos, vermelhos, rosas e diversas outras cores que você verá nas fotos abaixo, porém, ao contrário do que se acredita, não existe o lírio de cor AZUL.

Vários sites, inclusive bons sites, colocaram essa foto abaixo e informam ser de um lírio, como se a foto fosse real:

Porém, como o próprio autor da foto explicou, a foto passou por uma edição. O lírio azul ‘Blue Stargazer’ na verdade não existe naturalmente.

Tipos de lírios

Existe uma grande variedade de lírios, não tanto quanto de orquídeas, mas as possibilidades de cores, formas e tamanhos não deixa a desejar.

Por isso, vou mostrar para você os tipos existentes, para que você possa escolher o que melhor para seu jardim.

Devido à grande variedade, não terá como citar cada espécie, mas falarei um pouco sobre as categorias que se encontram e citarem alguns exemplos dentro dessa categoria.

Híbridos Asiáticos de Lírios

São os lírios mais populares. Se multiplicam rapidamente e são os mais fáceis de cultivar.

É o tipo que mais possui cores. As flores podem ser brancas, rosas, ameixas, amarelos, alaranjados e vermelhos e elas não possuem perfume, ou seja, você pode cortar as flores e deixar dentro de um vaso em sua sala sem que tenha qualquer irritação no nariz.

São plantas resistentes ao frio e possuem caules fortes e retos, o que significa que raramente é necessário colocar uma estaca de apoio (mas seria legal colocar caso ocorra chuvas com ventos fortes) .

Lírio ‘Red Velvet’
Lírio ‘Red Velvet'
Fonte: Fluwel
Lírio ‘Karen North’

Lírio ‘Sun Ray’

lírio amarelo
Fonte: twacar

Híbridos de Lírios Martagons

São lírios altos com flores pequenas , delicadas e viradas para baixo em um formato particular o chamado “chapéu de turco”. Além disso, cada haste pode conter até 50 flores.

É uma espécie de lírio difícil de se adaptar, mas após se estabelecerem vão prosperar por anos.

Martagons não se dão mal em climas quentes e úmidos, e eles preferem ter alguma sombra. Por isso, são ótimos para jardins um pouco mais sombreados, protegidos por uma árvore.

As cores das flores variam em tons de rosa e roxo.

Lilium Martagon

Lilium Martagon

Lilium hansonii

lilium hansonii

lírio amarelo
Fonte: Plant21
L. Bornholm

lírio branco
FONTE: PLANT21

Lilium medeoloides

Híbridos de Lírios Candidum

Esses híbridos são originários da Europa, e apesar de não serem muito populares são bem antigos. O primeiro lírio citado na história era um L. candidum.

Lilium chalcedonicum

Híbridos Americanos

Existem vários lírios nativos da América do Norte. Esses híbridos não são uma divisão comercialmente bem-sucedida, mas mesmo assim são encantadores.

Lírio tigre – Lilium columbianum

Lírio pantera – Lilium pardalinum

lírio pantera
Lírio canadense (Lilium canadense)

Lilium Bellingham

Lilium Bellingham
Foto by Connie (endereço na foto)

Híbridos longiflorum

As flores desses híbridos são geralmente em formato de uma trombeta. Além disso, não são apenas grandes e perfumadas, mas também numerosas.

São lírios que preferem ficar a pleno sol. Seus caules crescem bastante, por isso será necessário colocar um apoio para ele.

Lilium African Queen

Lilium ‘Black Dragon’

Lilium ‘Black Dragon
Fonte: mijic nikola
Lilium Golden Splendor

Híbridos orientais

Lilium  ‘Star Gazer’ 

lírio rosa
onte: Stuart

Lilium ‘Casa Blanca’

lírio casa blanca
Fonte: René

Ideias para utilizar Lírios em seu jardim

Lírios em vasos

lírios em vasos
Fonte: RenateEurope
Lírios em vasos

lírios em vasos
Fonte: instrumaker
Lírios em vasos

Lírios no jardim

jardim com lírios
Fonte:  KarlGercens.com GARDEN LECTURES

lírios
Fonte: Maja Dumat

lírios no jardim
Fonte:  RainoL

Conclusão

Através desse artigo você aprendeu tudo sobre os lírios. Quais são os tipos, as cores, como cuidar deles da forma correta, as várias formas de propagá-los além de várias fotos ilustrativas mostrando como você ode utilizar essa planta em seu jardim.

O principal cuidado em relação a essa planta é a relacionada a irrigação e a qualidade da terra, necessitando de um solo bem drenante e poroso.

Participe do Grupo do Telegram 1
104 Shares:

Deixe uma resposta

Você também pode gostar: