Pontuação dos leitores
[Total: 1 Média: 5]

Plantas de interior valorizam o ambiente e trazem um charme especial para a residência, deixando o local mais aconchegante.

Muitas pessoas sonham em ter lindas plantas dentro de casa e várias delas até tentam, mas as plantas acabam morrendo com o tempo.

Você sabia que há 5 erros muito comuns na hora de cultivar suas plantas de interior?

Continue a leitura para aprender quais são os erros.

plantas de interior

1) Colocar a planta em qualquer ambiente

Ao adquirir uma planta a gente pensa: “Nossa, ela vai ficar linda no meu banheiro”, ou então, “Essa planta pendurada na minha varanda vai decorar muito bem o ambiente”.

Porém, você deve sempre verificar se o ambiente dentro de casa é adequado para plantas.

Por exemplo, se sua varanda é um local muito quente, um local que nem você consegue ficar, é quase certo que é inadequado para sua planta também.

planta seca dentro de casa

Outro exemplo é que plantas de interior também precisam de luz solar para fazer fotossíntese, sendo assim, colocar a planta em um local escuro também é um erro.

Quase todo mundo já fez aquela experiência de colocar o feijão para germinar na luz e no escuro.

O feijão no escuro estiola (resumidamente é o crescimento excessivo do caule, as folhas ficam menores, a planta fica com cor mais esbranquiçada pela falta de clorofila), o mesmo ocorre com outras plantas de interior.

2) Mudar a planta de local várias vezes

Esse é um dos erros mais comuns e mais perigosos, principalmente para as orquídeas.

Plantas, em geral, precisam de um tempo para se adaptarem ao ambiente em que estão expostas, sendo assim, é péssimo mudá-las de lugar várias vezes.

planta de interior

Da varanda para a sala, da sala para o banheiro, do banheiro para a cozinha… não faça isso. São vários ambientes diferentes com diferentes temperaturas, umidades, iluminações etc.

“Mas eu não sei onde eu posso colocar minha planta, preciso descobrir o melhor local da casa.”

Por isso, é muito importante você conhecer as necessidades da planta que você possui. Se for uma planta que gosta de bastante iluminação e de um pouco de sol direto, você já saberá que o banheiro não será o melhor local para ela.

3) Esquecer de irrigar

Pode parecer mentira, mas as pessoas se acostumam tanto com as plantas de interior que se esquecem de cuidar delas.

planta escritório

Cada planta necessita de uma quantidade de água, algumas conseguem ficar mais tempo, outras menos.

A falta de água é um dos principais fatores que levam as plantas de interior a morrerem, principalmente em locais com ar condicionado. Abordare mais sobre isso na dica bônus.

Portanto, não abandone sua planta. Lembre-se de irrigá-las de acordo com a necessidade dela.

4) Não escolher plantas adequadas para dentro de casa

Se você pensa que pode pegar qualquer planta para colocar dentro da sua casa, você está muito enganada(o).

plantas dentro de casa

Há plantas que não se adaptam bem dentro de casa. Há cuidados e necessidades que o ambiente interno de uma casa pode não proporcionar para a planta.

Como exemplo, cito aquelas plantas que precisam de muitas horas de iluminação direta. Dificilmente um local dentro da casa terá a capacidade de fornecer mais do que 4 horas de iluminação direta para sua planta (aqui estou usando a regra, não a exceção).

5) Não repor os nutrientes do solo

Ouso dizer que todas as pessoas possuem um planta no jardim que nunca foi adubada. Isso pode dar a entender que nenhuma planta precisa de adubação, que basta você colocar água que ela vai continuar crescendo bem, para toda vida.

À medida que a planta cresce suas raízes também acompanham esse crescimento, vão a regiões mais profundas e áreas maiores do solo e por isso podem absorver nutrientes em várias fases da vida em diferentes locais.

Na região da copa da árvore caem folhas, dejetos de animais que repõem esses nutrientes que a árvore absorve do solo.

Mas e dentro da sua casa? Sabe o que acontece?

Plantas de interior geralmente ficam em vasos ou canteiros com uma quantidade de terra já determinada. Com o passar do tempo a planta absorve os nutrientes desse solo.

plantas na varanda

O solo vai ficando empobrecido de nutrientes e não há nada que os repõe. Por isso, é necessário adubar suas plantas de tempos em tempos, seja por meio de uma adubação orgânica ou de adubação química.

Bônus: Plantas em ambiente com ar-condicionado

Apesar de ser algo que nos oferece conforto, algumas plantas de interior podem não se adaptar a um ambiente com ar-condicionado.

Isso ocorre porque o ar-condicionado retira a umidade do ar, podendo provocar estresse hídrico nas plantas, causando uma desidratação muito rápida nas folhas (e consequentemente na planta).

Quer algumas dicas de plantas de interior que toleram ambientes com ar-condicionado?

Aglaonema

Possui várias tonalidades de folhas. As folhas de algumas variedades inclusive, podem se tornar rosas, dependo da quantidade de luz que a atingir.

Quanto mais próximo à luz a planta está, maior será a variegação da planta. Nunca esquecer de irrigar a planta, principalmente no ar-condicionado.

plantas de interior - aglaonema

Dracenas

Existem várias espécies diferentes de Dracenas.

Elas aguentam muito bem ambientes com ar-condicionado e são bem rústicas e fáceis de cultivar.

Em ambientes mais escuros, o verde das folhas fica mais intenso.

Plantas de interior - Dracena

Apesar de ser ótima para ambientes internos, é uma planta que pode ser tóxica para pequenos animais.

Pacová

Uma das plantas de interior mais utilizadas, é muito resistente e de meia sombra. Quando colocada em iluminação mais forte, suas folhas ficam amareladas.

As folhas são grandes e largas, por isso mantenha-as sempre limpas para que fiquem mais vistosas e bonitas.

Plantas de interior - Pacová
Fonte: Robson Gomes

Plantas de interior para você conhecer

Está em dúvida sobre qual planta ter dentro de casa? Não conhece e não tem ideia de onde elas podem ou não ficar?

Confira algumas plantas de interior para cultivar:

Violetas africanas

Antigamente essa era uma das plantas de interior mais utilizadas. É de fácil cultivo e florações abundantes, ela é muito utilizada em arranjos para presentear as pessoas.

A luminosidade tem influência direta sobre o florescimento das violetas-africanas. Sua planta nunca deve ficar em sol pleno.

Se a temperatura do dia for menor do que 14 graus, a planta se desenvolverá, mas haverá inibição de seu florescimento.

Quer saber mais sobre as violetas? Confira nosso artigo completo sobre ela: VIOLETAS: ACELERE O CRESCIMENTO E AUMENTE O FLORESCIMENTO.

violetas
Fonte: Wikimedia

Orquídea do gênero Phalaenopsis

A queridinha das orquídeas tem o seu lugar na casa de muitas pessoas. É uma planta que se adapta muito bem em vários ambientes, como varanda, sala, perto de janelas, desde que se evite incidência de sol direto e que o local seja bem ventilado.

Phalaenopsis são muito cultivadas em apartamento, veja algumas dicas no artigo:
5 DICAS PARA CULTIVAR ORQUÍDEAS EM APARTAMENTO.

Phalaenopsis

A orquídea Phalaenopsis aprecia uma boa iluminação indireta e maior umidade do ar. Irrigue a planta com moderação, nunca deixando o substrato sempre úmido.

Espada de São Jorge

A espada de São Jorge é bastante rústica e sobrevive em diferentes condições ambientais.

Áreas externas com sol bem como em áreas internas com menor iluminação.

A planta resiste vários dias sem água, mas no mínimo você deve irrigá-la 1 vez por semana.

Espada de sao jorge
Fonte: Adobe Stock

Peperômia

São fáceis de cultivar e preferem ambientes com maior temperatura ambiental.

Planta de pequeno porte cujas folhagens são bem ornamentais.

Peperômia
Fonte: DIYS.com

Preferem luz solar de forma indireta e irrigações moderadas. Antes de efetuar nova irrigação deixe o solo secar completamente.

Samambaias

Existem várias espécies de samambaias, mini-samambaias, samambaia americana, samambaia argentina, samambaia azul, entre outras.

São plantas muito comuns em varandas e sacadas, quase sempre penduradas.

Cultive-a em meia-sombra, mantenha certa umidade dentro do vaso, mas sem encharcamento.

samambaia
Fonte: Gardening Know How

Jiboia

A planta jiboia pode ser cultivada tanto fora de casa quanto dentro de casa, mesmo em locais mais sombreados.

A sala é o local mais cultivado dessa planta, principalmente pendurada. Você deve deixar o solo secar por completo para efetuar uma nova irrigação. Deixar as raízes sempre úmidas (em vasos com terra) pode ocasionar o apodrecimento delas.

Aprenda tudo sobre essa planta em nosso artigo: “Planta Jiboia: 4 Problemas comuns, Tipos e Tudo sobre o cultivo“.

jiboia-parede-vertical
FONTE: MIGNO DECOR

Fitônia

É uma planta de pequeno porte com uma folhagem muito exuberante, isso em razão das nervuras das folhas que são muito visíveis.

Plantas de interior - Fitônia
Fonte: Wikimedia

Não tolera frio e adora umidade, isso significa que você não pode esquecer de molhá-la, tentando sempre manter um pouquinho de umidade dentro do vaso (mas sem exageros).

Bambu da sorte

Apesar do nome, essa planta não faz parte da família do bambu.

É uma planta de origem africana que melhor se desenvolve em ambientes sombreados ou de meia sombra.

Essa planta pode ser cultivada tanto na água quanto na terra, sempre tomando cuidado para que o mosquito da dengue não se desenvolva dentro do vaso com água.

bambu da sorte na água
Fonte: Vila Nina TV

Para evitar o problema, você pode utilizar gotinhas de água sanitária na água ou preencher o vaso com pedras de seixo de rio lavadas e colocar água até um pouco mais da metade do vaso.

Zamioculca

Nativas da Tanzânia, em áreas de florestas que ficam sombreadas a maior parte do tempo, em um clima muito quente.

Ou seja, mantenha sua planta em locais de meia sombra ou sombreados (sala, corredores, escritórios).

zamioculca - dentro de casa
Fonte: Freepik

A irrigação para essa planta deve ser moderada. Sempre aguarde o solo secar completamente antes de efetuar nova irrigação.

Dinheiro em penca

Planta herbácea de pequeno porte. Muito utilizada para forração, mas também pode ser utilizada em vasos penduradas, deixando com os ramos caiam em cascata.

Rústica, barata e de fácil manutenção.

A iluminação ideal para cultivar essa planta é a meia sombra com regas frequente, mas sem deixá-la encharcada.

Conclusão

Com este artigo, você pode aprender os principais erros que levam as plantas de interior a morrerem ou não se desenvolverem adequadamente.

Os erros mostrados são muito comuns, mas são simples de serem evitados.

Quase todos os problemas se relacionam às necessidades das plantas, por isso, é muito importante que você conheça o que está cultivando dentro de casa.

Mostro também várias sugestões de plantas a serem cultivadas em ambientes com ar-condicionado e outras para serem utilizadas dentro de casa.

Participe do Grupo do Telegram 1
42 Shares:

Deixe uma resposta

Você também pode gostar: