Pontuação dos leitores
[Total: 2 Média: 5]

A espada-de-são-Jorge é uma das plantas domésticas mais conhecidas, não apenas no Brasil, mas no mundo inteiro.

Apesar de pouca gente conhecer, existem mais de 130 espécies e várias delas são utilizadas como plantas ornamentais.

Índice hide

Origem

É uma planta originária do continente africano (especificamente do Camarões, República Centro-Africana, Congo, Guiné Equatorial, Gabão, Nigéria, Zaire), porém seu cultivo é amplamente distribuído em todo o mundo pela sua utilização como ornamental.

Em verde: região de origem
Em roxo: onde a planta foi introduzida

Aqui no Brasil ela possui alguns nomes populares como planta-de-serpente, cauda-de-lagarto, língua-de-sogra, espada-de-ogum e planta-da-sorte.

Até 2017, era botanicamente classificado como Sansevieria trifasciata, mas suas semelhanças com as Dracaena eram muitas para serem ignoradas, sendo assim, seu nome científico tornou-se Dracaena trifasciata.

habitat espada-de-são-jorge
Planta em seu habitat natural
Fonte: Urban Jungle

Características gerais

É incrível imaginar e eu particularmente nunca vi, mas essa planta pode chegar a uma altura de 1,5 a 3 metros. Eu costumo encontrar plantas de no máximo 80 cm nas casas.

Suas folhas são rígidas e em forma de espada (a espécie tradicional), por isso o nome popular espada-de-são-Jorge.

características da espada-de-sao-jorge

E por falar nas folhas, elas podem variar em cores, embora muitas tenham folhas com bordas verdes, geralmente apresentam bordas amarelas.

A espada-de-são-Jorge é uma planta herbácea e perene, não possui caule, e suas folhas são verticais, em roseta. Essa planta é uma suculenta.

Como cultivar espada-de-são-Jorge

São fáceis de cultivar e muitos dizem que é impossível matar uma, então se você teve o dom de conseguir matar essa planta, me conte, quero saber! hehehe

Brincadeiras à parte, qualquer pessoa pode conseguir matar uma sim, principalmente se fizer contrário do que for exposto aqui, por exemplo se você deixar a planta sempre encharcada de água.

Iluminação ideal

Essas plantas preferem iluminação indireta, por isso são ótimas para plantas de interior. Mas elas são tão versáteis que conseguem sobreviver em sol pleno, ou em condições de pouca iluminação.

Irrigação

A espada-de-são-jorge não é uma planta que necessita de regas tão frequentes, deixe o solo secar completamente antes de efetuar nova irrigação. Caso não tenha certeza se deve irrigar ou não, procure errar para o lado da falta de água (deixe a planta mais tempo seca do que molhada), por ser uma suculenta ela consegue sobreviver à falta, porém o excesso de água deve ser evitado.

Temperatura

Devido ao seu habitat natural localizado em ambiente tropical, essa planta prefere climas quentes, entre 20ºC e 31 ºC .

Evite, portanto, ambientes onde o clima chega abaixo de 10ºC, geadas matam a planta.

Solo ideal

O solo ideal para cultivo da espada-de-são-Jorge é o que seja bem arenoso, ou seja, bem drenado.

Plante no mesmo tipo de substrato usado para suculentas. Evite misturar elementos que absorvem muita água ou que possam ficar compactos com o tempo, como a turfa.

vaso de Espada-de-são-jorge grande
Fonte: Reddit

Como podar Espada-de-são-Jorge

Essa planta não precisa de muitas podas, mas sempre que o fizer é importante que utilize um instrumento de corte desinfetado.

Assista ao vídeo abaixo para aprender a desinfetar seus equipamentos de corte:

Após a desinfecção, corte a folha que deseja, faça o corte rente ao solo. Corte as folhas doentes, danificadas, ou velhas, isso irá estimular o crescimento de outras folhas.

Através da poda da espada-de-são-Jorge você pode controlar a altura da planta, retirando as folhas maiores e mais velhas, a planta ficará menor, por exemplo.

Algumas pessoas conseguem retirar as folhas somente puxando da planta, mas não recomendo que faça isso, para evitar acidentes e que as raízes se danifiquem.

Como propagar espada-de-são-Jorge

As formas mais comuns de se propagar essa planta são através da divisão de touceira e por pedaços de folhas.

Divisão de touceiras

Para essa técnica de propagação, é importante que a planta tenha folhas de pelo menos 10 cm de altura.

Retire a terra que envolve a planta e também a que está aderida as raízes (usando água é mais fácil).

Usando uma faca afiada e desinfetada, divida a planta, certificando-se de que as raízes de cada touceira permaneçam intactas (faça os cortes no rizoma da planta).

rizoma da espada-de-sao-jorge

Agora basta replantar as touceiras de espada-de-são-Jorge em locais diferentes.

Esse mesmo conceito pode ser utilizado para dividir os brotos que nascem no pé da planta, mas você apenas cortará o broto e a folha onde o broto está conectado.

Folhas ou pedaços de folhas (Segmentos de folhas)

A primeira coisa que deve fazer é cortar uma das folhas da espada-de-são-Jorge, escolha uma que seja saudável e sem problemas.

Após a retirada da folha, corte segmentos de folhas de aproximadamente 10 cm a 15 cm. É possível fazer utilizando a folha inteira, mas para gerar mais mudas e evitar que a folha resseque na parte de cima, aconselho fazer os segmentos.

Uma folha pode gerar várias mudas, como pode ser visto na imagem abaixo:

brotos na folha de espada-de-sao-jorge

Para cortar os segmentos faça os cortes sempre na diagonal ou em formato de bandeira de festa junina, para que o local do corte tenha maior contato com a água ou a terra.

  • corte em bandeira da espada-de-sao-jorge
  • corte em diagonal da espada-de-sao-jorge

corte em bandeira da espada-de-sao-jorge

Com o segmento de folha em mãos, você precisa saber se a colocará para enraizar em água ou diretamente no substrato.

Se escolher propagar na água, coloque um pouco de enraizador para que o enraizamento seja eficaz e mais rápido.

enraizamento da espada-de-sao-jorge
Enraizamento da folha da espada-de-são-Jorge

Caso sua opção seja o substrato, escolha um leve e bem aerado. O substrato para hortaliças é ideal para sementes e esse tipo de propagação. Aconselho aguardar 24 horas para colocar o segmento de folha em substrato.

É uma planta de crescimento lento, então não estranhe se demorar muito tempo para surgir um brotinho.

Veja no vídeo abaixo como fazer de forma correta:

Como plantar espada-de-são-Jorge em vaso?

Para plantar, escolha um vaso resistente, feito com um bom material, as raízes da espada-de-são-Jorge são fortes e podem facilmente quebrar ou rasgar os vasos.

Devido ao crescimento lento, elas podem não precisar de replantio, mas caso recebam muita iluminação podem crescer bastante, podendo inclusive precisar de uma divisão de touceira.

1) Escolha um vaso com boa altura, para que as folhas fiquem bem firmes ao crescer.

2) Forre o vaso com uma camada de drenagem.

3) É opcional, mas logo após a camada de drenagem você pode utilizar a manta de drenagem, isso vai servir para a terra não se misturar com essa camada de drenagem, facilitando a retirada de cada elemento separadamente depois, além de evitar entupimentos nos furos de drenagem.

4) Preencha com terra todo o vaso.

5) Antes de plantar, retire o excesso de rizoma das mudas (se tiver), e elimine as folhas mortas e danificadas.

6) Coloque as mudas maiores no meio e as menores ao redor, fazendo uma cavidade onde as mudas serão plantadas.

7) Firme bem as mudas, apertando a terra na base delas.

Cultivo de espada-de-são-Jorge na água

O método de cultivo na água também pode ser utilizado e é bem simples de ser feito. Algumas pessoas preferem esse método por ser visivelmente mais atrativo.

É uma técnica simples e a planta pode durar tanto quanto na terra, mas há alguns cuidados que deve seguir.

1) O primeiro passo é limpar a planta. Utilizando a água, retire toda a terra das raízes da planta.

Aquelas plantas deixadas para propagarem em água são ótimas escolhas para depois serem cultivadas em água.

muda da espada-de-sao-jorge

As mudas devem ser do mesmo tamanho da maior brotação da foto acima, quando isso ocorrer, separe a nova mudinha da folha mãe.

2) Escolha um vaso de vidro ou um de sua preferência, porém esse não pode possuir furos de drenagem.

3) Para tornar o vaso mais bonito, use seixos de rocha pequenos, caso não encontre, pode utilizar qualquer outro tipo de pedra.

As pedras além de fixarem a planta não deixa que o mosquito da dengue oviposite na água.

4) No vaso, coloque as mudas dentro dessas pedras, como se fosse a terra. Faça com cuidado para não machucar a planta. Após isso bastará completar todo o conteúdo do vaso com água.

espada-de-sao-jorge em hidroponia
Fonte: Ohio tropics

Recomendo que de tempos em tempos utilize algum fertilizante líquido na água, troque a água mais ou menos 2 vezes por mês e se for necessário, limpe as algas que podem crescer dentro do vaso.

Tipos de espada-de-são-Jorge

Dracaena trifasciata ‘Black Gold

Dracaena trifasciata ‘Black Gold’
Fonte: Reddit

Dracaena trifasciata ‘Black Robusta’

Dracaena trifasciata ‘Black Robusta’
Fonte: ChooseYourPlant

Dracaena trifasciata ‘Hahnii’

Também é chamada de planta “espada-de-são-Jorge ninho de pássaro”, atinge apenas cerca de 15 centímetros de altura. Suas folhas lembram um ninho de pássaro. 

  • Dracaena trifasciata 'Hahnii'
  • Dracaena trifasciata 'Hahnii'
  • Dracaena trifasciata 'Hahnii'

Dracaena angolensi

Esta espécie é cilíndrica, possui folhas arredondadas e rígidas que podem atingir vários metros de comprimento. É uma das espécies conhecidas como lança-de-são-Jorge.

Dracaena angolensi
Fonte: Plants of the World Online

Dracaena trifasciata ‘Laurentii’

Esta planta tem as margens das folhas de um amarelas. 

Dracaena trifasciata 'Laurentii'
Fonte: Botanica

Dracaena trifasciata ‘Irmã Torcida’

Esta planta tem folhas retorcidas e listradas horizontalmente com bordas amarelas variegadas. Cresce cerca de 14 centímetros de altura.

Dracaena trifasciata 'Irmã Torcida'
Fonte: World of Succulents

Dracaena trifasciata ‘Sensação de Bantel’

Esta planta-de-serpente cresce cerca de um metro de altura e tem folhas estreitas com listras verticais brancas.

Dracaena trifasciata 'Sensação de Bantel':
Fonte: The National Gardening Association

Dracaena pearsonii

As vezes chamada de grama de rinoceronte, esta planta cresce cerca de 30 centímetros de altura com folhas suculentas.

Dracaena pearsonii
Fonte: Agaveville

Jardins e lugares com a espada-de-são-Jorge

1) Espada-de-são-Jorge dentro de casa, na entrada da casa

Espada-de-são-Jorge dentro de casa, na entrada da casa
Fonte: Patch Plants

2) Jardim com espada-de-são-Jorge junto com azaleias

Jardim com espada-de-são-Jorge junto com azaleias
Fonte: Longwood Gardens

3) Espada-de-são-Jorge dentro do vaso

Espada-de-são-Jorge dentro do vaso
Fonte: Old Farmer’s Almanac

4) Espada-de-ogum dentro de casa

Espada-de-ogum dentro de casa
Fonte: Better Homes and Gardens

5) Espadas-de-ogum dentro de casa e em vasos

Espadas-de-ogum dentro de casa e em vasos

6) Espada-de-são-Jorge dentro de casa

Espada-de-são-Jorge dentro de casa
Fonte: HGTV

7) Espada-de-são-Jorge na sala

Espada-de-são-Jorge na sala
Fonte: Swansons Nursery

8) Vaso com Espada-de-são-Jorge dentro de casa

9) Borda elevada com várias Dracaena trifasciata

Borda elevada com várias Dracaena trifasciata
Fonte: Homedit

10) Mesa de centro com espada-de-ogum

Mesa de centro com espada-de-ogum
Fonte: Planting Man

11) Vasos de espada-de-são-Jorge perto da janela

Vasos de espada-de-são-Jorge perto da janela
Fonte: Bob Vila

12) Vasos de Dracaena trifasciata dentro de casa

12) Vasos de Dracaena trifasciata dentro de casa
Fonte: A Piece Of Rainbow

13) Canteiro com a planta Dracaena

Canteiro com a planta Dracaena
Fonte: NewPro Containers

14) Espada-de-ogum perto da cerca

Espada-de-ogum perto da cerca
Fonte: Kazimingi Nursery

15) Planta língua-de-sogra no jardim

Planta língua-de-sogra no jardim
Fonte: Walmart

16) Planta-serpente crescendo de forma natural

Planta-serpente crescendo de forma natural
Fonte: Herself’s Plants

17) Pequena cerca feita com espada-de-são-Jorge

17) Pequena cerca feita com espada-de-são-Jorge
Fonte: Plant Places

18) Planta-da-sorte crescendo ao lado da calçada

Planta-da-sorte crescendo ao lado da calçada
Fonte: easywallbox.eu

19) Planta-da-sorte junto com outras em um jardim

Planta-da-sorte junto com outras em um jardim
Fonte: Twitter Dream Yard Team

20) Espada-de-são-Jorge dentro do vaso

Espada-de-são-Jorge dentro do vaso
Fonte: Dream Yard Team

Perguntas e Respostas sobre espada-de-são-Jorge

Espada-de-são-Jorge é venenosa?

Sim, essa planta é tóxica para animais domésticos como cães e gatos. O princípio ativo causador dessa toxicidade se chama saponina. A ingestão dessa substância por esses animais causa vômitos, náusea e diarreia.

Posso colocar espada-de-são-Jorge no quarto?

Pode sim, e é uma ótima opção de planta. Ela é indicada para melhorar a qualidade do ar, devido à capacidade de absorver certas toxinas relacionadas à poluição atmosférica, como óxidos de nitrogênio e formaldeído.

A espada-de-são-Jorge possui alguma propriedade medicinal?

Apesar de ser tóxica para animais domésticos e suas flores causarem irritações em algumas pessoas, ela é utilizada no alívio de dores de ouvido e das reações oriundas de picadas de serpentes.

Qual o significado da espada-de-são-Jorge?

Nas religiões de matriz africana, como o candomblé e a umbanda, ela simboliza a espada de Ogum, que forjava suas ferramentas para a caça e a guerra.

No Brasil, Ogum foi combinado a São Jorge, o jovem guerreiro que renunciou às fileiras militares do Imperador Diocleciano para seguir sua fé em Cristo. Após sua morte virou mártir, e se tornou padroeiro de vários países, sendo que virou um dos santos mais populares no Brasil.

Espada-de-são-Jorge dá flores?

Essa planta emite sim florações de cor de rosa ou esbranquiçadas. Durante a noite as flores liberam uma agradável fragrância.

flor da espada-de-são-jorge
Fonte: Unirio

Por que as folhas da minha espada-de-são-Jorge estão caídas?

Isso pode ser um sinal de excesso de água. Regue apenas quando a planta estiver seca, como informado no artigo, procure errar pela falta de água, não pelo excesso.

folhas espada-de-são-Jorge caídas

Conclusão

Através desse artigo você foi capaz de aprender os principais fatores de cultivo em relação a Dracaena trifasciata, planta de origem africana muito comum no Brasil.

Dentre esses fatores, o principal é o relacionado a água ou irrigação. Volto a falar para que procure errar em relação a falta de água, nunca pelo excesso de água, sendo assim, somente irrigue sua planta quando ela já estiver totalmente seca.

Mostrei também como é simples e fácil de propagá-la e dei vários exemplos de como é possível fazer isso.

Por fim mostrei vinte exemplos de utilização, em vasos, em jardins, dentro de casa.

Foto da capa: Apartment Therapy

Participe do Grupo do Telegram 1
81 Shares:

Deixe uma resposta

Você também pode gostar: