4 Dicas para ter Cebolinhas Grandes e Grossas

Pontuação dos leitores
[Total: 6 Média: 5]

Raramente um brasileiro não usa as cebolinhas em suas receitas culinárias. É uma vegetal muito versátil e pode ser usado em carnes, caldos, até mesmo em saladas.

Quando se fala em horta, as cebolinhas e as alfaces são as duas principais plantas encontradas.

Mas você já plantou algum pé de cebolinha e ela ficou pequena, fina e sem se desenvolver direito?

Já notou que as cebolinhas do seu vizinho ficam grossas e bonitas e as suas sempre feias e pequenas?

Rage GIF

Nesse artigo eu vou te ensinar o jeito correto de cultivar cebolinhas e tudo que você pode fazer para melhorar sua produção.

Veja o teste que fiz com minhas próprias plantas e o resultado obtido:

como plantar cebolinha

Origem

Os habitats naturais dessa planta são Ásia, Europa e América do Norte. Na Europa era usada como especiaria desde a Idade Média.

Os tipos de cebolinhas mais conhecidos são a cebolinha européia (Allium schoenoprasum) e a cebolinha comum (Allium fistulosum, que provavelmente é asiática).

De forma geral, essa planta é uma erva perene, possui folhas cilíndricas, lineares e longas, além disso possui bulbos arredondados.

Existe diferença entre as cebolinhas comuns e as cebolinhas européias?

A resposta dessa pergunta pode solucionar um dos seus problemas sobre as cebolinhas. Lembra quando eu comentei que a “sua” cebolinha sempre fica fina?

Então, uma razão para isso ocorrer pode ser pela espécie de cebolinha que você possui.

A cebolinha européia possui as folhsa finas, além disso forma touceiras bem fechadas.

Sendo assim, você pode ter essa espécie, por isso a sua planta desenvolve folhas diferentes das do seu vizinho! 😉

Veja a espécie européia abaixo:

cebolinhas européias
Foto: Harry Bischof/Getty Images

Em contrapartida, a cebolinha comum (Allium fistulosum) é mais grossa, e possui folhas entre 10 a 50 cm.

Notaram a diferença entre essas plantas? Claro, há sim outras espécies, umas mais finas, outras medianas, outras mais grossas, porém as duas plantas citadas são as mais comuns no Brasil.

Como cultivar cebolinhas?

Nessa parte do artigo, vou te explicar com detalhes como cultivar essa erva, seja em sua horta ou em um vaso.

Formas de propagação das cebolinhas

Há duas formas de propagação. Através de sementes e por mudas (divisão de touceiras).

Propagação por sementes

A propagação por sementes é um pouco mais difícil, isso porque essa erva possui sementes muito pequenas, sem nenhuma reserva de energia para o embrião.

A taxa de germinação para cada 100 sementes varia entre 60% a 85%.

Bom, há um jeito certo de escolher os pacotinhos de sementes, para que o sucesso na sua germinação aumente ainda mais, porém eu já falei sobre isso no artigo: Como Plantar alface: 6 dicas incríveis para dobrar o tamanho de seus pés de alface.

Por isso, dê uma olhada rápida no artigo, na parte da semeadura das sementes.

Em resumo você precisa olhar a data de análise das sementes e esta deve ser recente.

Agora basta pegar as sementes e espalhar sobre a superfície que deseja plantar as cebolinhas.

Para cultivos comerciais, gasta-se 1 grama de sementes por metro quadrado. Cada grama contém cerca de 500 sementes.

Se seu cultivo for caseiro, basta espalhar bem as sementes no local e cobrir com uma fina camada de terra.

Após a semeadura, borrife água. A germinação da cebolinha ocorrerá entre 6 a 14 dias.

Propagação por mudas

A propagação através de mudas têm uma chance de sucesso muito grande e é bem fácil de fazer.

Você pode pegar a muda de uma touceira ou conseguir uma com alguém conhecido.

touceira de cebolinhas
Touceira de cebolinha
muda de cebolinha
Touceira de cebolinha fora do vaso

Pegue a muda e para evitar que ela desidrate corte a folha da planta. Esse não é um passo obrigatório, mas vai ajudar a planta a crescer com maior vigor.

Além das folhas é também recomendável que corte um pouco das raízes, isso vai estimular o crescimento de novas raízes de forma rápida e vigorosa.

cebolinha pronta para replantio

Sua muda de cebolinha já estará pronta para o replantio.

cebolinha no vaso

Veja como preparar as mudas no vídeo abaixo:

 

Por que separar as touceiras?

Importante dizer que separar as mudas não têm apenas a vantagem de aumentar o número de plantas.  

A divisão de touceiras é o segundo passo para ter plantar mais grossas e maiores.

Com várias plantas juntas há maior competição por espaço, água e nutrientes, as diferentes plantas acabam se prejudicando. Por isso é importante de tempos em tempos separar algumas touceiras.

Qualidade do solo para plantar cebolinhas

Parece bobagem repetir sobre a qualidade do solo em todos os artigos, mas não tem jeito.

As cebolinhas precisam de um solo bem fofo e drenado, rico em matéria orgânica. A qualidade de suas cebolinhas estão diretamente ligados a ele.

Solos pobres em matéria orgânica, duros, sem muitos nutrientes vão te presentear com cebolinhas finas e feias.

Se plantar cebolinha em canteiros em seu quintal, faça-os com uma altura mínima de 15 cm. Ele deve ser adubado e preparado para receber as mudas aproximadamente 2 meses antes do plantio.

Para saber como adubar e a quantidade de adubo, continue a leitura que isso será abordado mais à frente.

Local para plantar cebolinha

Como já sabido por tudo que já foi dito aqui, as cebolinhas podem ser plantadas tanto em canteiros de horta quanto em vasos.

Preparo do solo

Para quem estiver pensando em cultivar em vasos, basta comprar um substrato de boa qualidade.

Quem for cultivar em canteiros é necessário preparar o solo no mínimo 2 meses antes do replantio.

Em plantios ao nível do solo, com uma enxada ou picareta, quebre toda a camada superficial do terreno, para que tudo fique revirado a uma profundidade de 15 cm.

Geralmente o que as pessoas fazem é acrescentar 15 cm de terra para cima, ou seja, em vez de quebrar toda a camada superficial elas fazem outra camada acima dessa, aumentando ainda mais a compactação do solo que está na parte de baixo.

Portanto, não faça isso, mesmo acrescentando outro solo por cima,revire o solo que ficará por baixo (Vai lhe ajudar a longo prazo).

Espalhe de 300 a 500 g de calcário dolomítico por metro quadrado, mais 300g de farinha de osso por metro quadrado em toda a superfície do local.

Você também pode utilizar o adubo orgânico do tipo bokashi para preparar o terreno, além de calcário e farinha de osso, ele também possui outros ingredientes que farão as mudas crescerem maiores e mais rápido.

Além disso, o bokashi possui matéria orgânica e microrganismos que vão melhorar a qualidade do solo.

Lembram dessa foto que postei no começo do artigo?

bokashi em cebolinha

Um dos segredos do cultivo foi a utilização do adubo orgânico bokashi. Na esquerda temos uma foto da cebolinha sem bokashi e na direita com o adubo orgânico.

O interessante do adubo orgânico bokashi é que ele tem a capacidade de devolver a vida do solo, devido aos microorganismos eficientes presentes nele.

Quem quiser saber um pouco mais sobre esse adubo, há um artigo em meu site explicando tudo sobre ele: BOKASHI: O ADUBO ORGÂNICO QUE CURA O SOLO.

Replantio no vaso autoirrigável

Há uma opção muito simples para o plantio caseiro das cebolinhas para quem mora em apartamento, casas sem jardim, ou não possui muito espaço.

Essa opção é o plantio em vasos, principalmente nos autoirrigáveis.

Além dos vasos serem muito bonitos, o trabalho que terá com a planta diminuirá, isso porque o vaso tem um reservatório que pode manter a água durante aproximadamente 8 dias.

O vaso possui um sistema de autoirrigação por meio de indução.

Uma raiz artificial (vários barbantes) leva a umidade necessária para a planta.

vaso autoirrigavel cebolinha
Fonte: Extra

Clima

No Brasil, por ser um país tropical, consegue-se plantar cebolinha o ano todo.

A faixa de temperatura ideal para o cultivar cebolinhaé de 8ºC e 22ºC . E existem cultivares que suportam o frio prolongado e outras que resistem bem ao calor.

Iluminação

São plantas que precisam de muita iluminação.

De forma geral, a planta deve absorver, no mínimo, de 4 a 6 horas de sol por dia para crescer bem e saudável.

Colheita

A cebolinha estará no ponto certo de colheito entre 80 e 100 dias.

Para colher corte as folhas aproximadamente 3 dedos acima do solo ou arrancando a planta toda.

Doença da Raiz Rosada em Cebolinhas

Há também algumas doenças para se ficar de olho no cultivo dessa planta.

A doença de nome “Raiz Rosada” causada pelo patógeno Phoma terrestris causa queda na produtividade não só em cebola e alho, as plantas de pimenta, tomate, soja, trigo, melancia, pepino e berinjela, entre outras, também são hospedeiros desse fungo.

As raízes das plantas infectadas apresentam coloração rosa, que evolui para vermelha, púrpura, parda e finalmente torna-se preta.

Veja mais sobre a doença da raiz rosada no vídeo abaixo:

Conclusão

Através desse artigo você aprendeu os fatores mais importantes para plantar cebolinha e fazê-las crescer de forma saudável.

Em resumo, para ter plantas grandes e com folhas mais grossas você precisa ter uma variedade de folhas mais grossas e plantá-la em um solo rico em matéria orgânica, além de fazer uma adubação bem equilibrada.

No exemplo eu citei o adubo orgânico que eu fabrico, o bokashi, mas pode usar outro adubo orgânico, se for de sua preferência.

Importante também deixar a planta com boa umidade e sempre que a touceira crescer muito, dividí-las e plantá-las em outro local, para que aja menos competição por água e nutrientes entre as plantas.

Participe do Grupo do Telegram 1Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta