7 CAUSAS DA MORTE DE BOTÕES FLORAIS EM ORQUÍDEAS

É muito comum vermos nas orquídeas botões florais que não se desenvolvem, murcham, ficam amarelados, secos e morrem.

Cattleyas, Phalaenopsis e Dendrobiums são os gêneros mais afetados por esse problema.

Consequentemente, as florações dessas plantas ficam com poucas flores, ou até com nenhuma flor.

Este artigo explicará as 7 principais causas dos botões florais morrerem.

1- Temperatura

Variações muito rápidas da temperatura ambiente ou temperaturas muito extremas são uma das principais causas da morte de botões florais.

Veja alguns exemplos:

  • A planta encontra-se em um local fresco (dentro de um supermercado ou floricultura) e é inserida em um ambiente quente (o carro que ficou no sol) ou vice versa;
  • Plantas sob condicionadores de ar colocadas em ambiente mais quente, como varandas, jardim, etc;
  • Dias muito quentes com noites frias. Essa mudança abrupta faz com que os botões sejam descartados pela planta.

2- Ventos

Correntes de vento frias ou quentes, no local em que a planta se encontra, sendo ele mais quente ou fresco, respectivamente, causam a morte dos botões florais.

Correntes de vento muito fortes também levam ao mesmo fim.

3- Gases atmosféricos e de outras fontes

Os botões florais das orquídeas são a parte mais sensível dela.

Eles são sensíveis à fumaça de cigarros (qualquer tipo), poluição atmosférica, fumaça do escape de motor de carros, fumaça de fogões à lenha e gases como etileno ou metano.

O gás etileno é expelido pelas plantas polinizadas e por alguns frutos para amadurecerem, por isso é importante deixar as plantas floridas longe dessas fontes.

4- Excesso ou falta de luz

Tanto a falta quanto o excesso de luz são prejudiciais.

A falta não deixará os botões se desenvolverem adequadamente.

O excesso poderá causar o abortamento e queimaduras nos botões, principalmente se tiver iluminação direta.

5- Produtos químicos

Fertilizantes, inseticidas e fungicidas aplicados nos botões podem causar seus abortamentos.

6- Água e umidade

Plantas com falta de umidade/água retiram esse elemento que lhes falta de alguma parte para sobreviver. Assim, fazem isso retirando água dos botões florais.

O excesso de água, além de favorecer o aparecimento de fungos, pode asfixiar as raízes da planta. Consequentemente, mesmo com muita água disponível, ela será incapaz de absorvê-la, fazendo com que a planta retire água dos botões florais.

7- Insetos

Insetos que se alimentam das flores, como os ácaros e os trips, também podem causar o abortamento dos botões florais, sendo a infestação muito grande.

Deve-se usar inseticidas e acaricidas para o correto controle desses insetos.

Conclusão

 

Essas são as causas dos abortamentos dos botões florais nas orquídeas.

Algumas das causas citadas são difíceis de controlar, como a variação da temperatura diurna e noturna e a poluição atmosférica.

No entanto, há fatores passíveis de controle, bastando seguir as orientações corretas, como colocar as plantas em local adequado (sem correntes de vento) e fazer o controle periódico de insetos.

Quer aprender mais sobre o cultivo das Phalaenopsis?

Conheça um guia grátis sobre o cultivo de Phalaenopsis!

arrow

 

Você pode gostar também:

Comentários

4 comentários em “7 CAUSAS DA MORTE DE BOTÕES FLORAIS EM ORQUÍDEAS

  • 04/08/2017 em 18:11
    Permalink

    amo orquídeas porém, não tenho muito espaço mesmo assim quero cada vez mais aprender sobre essas encantador4as meninas.

    Resposta
  • 04/08/2017 em 18:13
    Permalink

    Aprendi muito, felizmente encontrei um site que respondeu minhas dúvidas

    Resposta
    • 01/09/2017 em 17:30
      Permalink

      Ahhh, que legal Sonia! Espero continuar te ajudando! 🙂

      Resposta

Deixe uma resposta