19.6 C
São Paulo
terça-feira, maio 14, 2024

Acabe Com as Lagartas Nas Suas Plantas Usando Métodos Naturais

As lagartas são uma das pragas mais comuns que afetam as plantas e podem causar grandes danos, prejudicando o crescimento, a produtividade e a aparência delas. 

Embora o uso de defensivos químicos seja uma opção comum para controlar lagartas, eles podem ser prejudiciais ao meio ambiente e à saúde humana. Felizmente, existem várias maneiras naturais e eficazes de controlar lagartas em plantas, que podem ser implementadas sem comprometer a saúde das pessoas e do planeta.

Neste artigo, vamos explorar algumas opções naturais para acabar com as lagartas nas plantas e como implementá-las de forma eficaz para manter suas plantas saudáveis e livres dessas pragas.

Metodos para controlar lagartas

Controle manual

O controle manual é uma das principais opções para combater lagartas e outras pragas em suas plantas de forma natural. Esse método consiste na remoção manual das lagartas, usando as mãos ou uma ferramenta como uma pinça.

Agro de Respeito
Fonte: Youtube Agro de Respeito

Para controlar lagartas manualmente, é necessário examinar as folhas e os caules de suas plantas regularmente em busca de sinais de danos ou presença de lagartas (principalmente na parte de baixo das folhas). Se você encontrar lagartas, remova-as do local, tomando cuidado para não danificar a planta. É importante certificar-se de remover todas as lagartas visíveis, pois deixar algumas pode resultar em uma nova infestação.

Lagartas na folha

O controle manual pode ser um método eficaz para combater lagartas e outras pragas em pequenas áreas de plantio, mas pode ser trabalhoso em grandes áreas. Além disso, esse método requer monitoramento regular das plantas e pode ser menos eficaz em áreas onde as lagartas são abundantes.

image 1
Fonte: Gardening Know How

É importante lembrar que o controle manual pode ser combinado com outras opções naturais de controle de pragas para obter melhores resultados. 

Uso de plantas repelentes

O uso de plantas repelentes é uma das maneiras naturais de controlar lagartas em plantas. Algumas plantas possuem substâncias naturais que repelem as lagartas e outras pragas, e seu cultivo próximo às plantas afetadas pode ajudar a mantê-las livres de danos.

image 3

Alecrim

É uma planta repelente da lagarta borboleta da couve (Ascia monuste orseis). As substâncias químicas no óleo essencial de alecrim têm propriedades repelentes que podem manter as lagartas longe. O alecrim também é uma erva perene que pode ser cultivada em vasos ou diretamente no solo. As folhas de alecrim também podem ser usadas para cozinhar, tornando-a uma adição útil para a sua cozinha.

Tomilho

Erva perene aromática com pequenas flores rosas ou roxas. Assim como o alecrim, o óleo essencial do tomilho contém substâncias que repelem a borboleta da couve e outras pragas. O tomilho pode ser cultivado em vasos ou no solo e é especialmente útil para repelir a lagarta da couve.

Salsa

A salsa é outra planta que tem propriedades repelentes de lagartas. A salsa é fácil de cultivar e pode ser plantada em vasos ou no jardim. As folhas de salsa também são um ótimo tempero para suas refeições.

Manjericão

O óleo essencial de manjericão contém substâncias repelentes que afastam as lagartas e outras pragas como. Além disso, o aroma do manjericão pode ser agradável e útil na cozinha.

Lavanda

A lavanda é uma planta repelente devido ao seu aroma forte e desagradável para alguns insetos. Além disso, a lavanda é uma planta perene que é fácil de cuidar e pode ser usada para fazer sachês e óleos essenciais.

Cravo de defunto

Essa planta é repelente contra lagartas desfolhadoras do repolho, da couve e outras culturas. Pode servir também contra brocas no tomateiro. O cravo é uma especiaria comum na culinária e pode ser usado em receitas doces e salgadas.

Tagetes

As flores de tagetes possuem substâncias químicas que são repelentes naturais de pragas, incluindo lagartas e pulgões. Além disso, as flores são atraentes e podem adicionar cor e interesse visual ao seu jardim.

Além de espantar pragas, essa planta consegue atrair insetos benéficos para seu jardim, como as joaninhas.

Coentro

O coentro é uma erva anual que pode ser facilmente cultivada em vasos ou no solo. Possui propriedades repelentes de lagartas e outras pragas, além de ser um tempero saboroso e versátil.

Para usar essas plantas como repelentes de lagartas, é necessário plantá-las em torno das plantas afetadas. Além disso, é importante manter as plantas saudáveis e regadas adequadamente, pois plantas saudáveis são menos suscetíveis a ataques de pragas. Embora as plantas repelentes possam ajudar a manter as lagartas afastadas, é importante lembrar que elas não são uma solução definitiva e podem ser usadas em conjunto com outras opções naturais de controle de pragas para obter melhores resultados. 

Extrato de plantas repelentes

Ingrediente:

1 kg de folhas de plantas de cheiro forte (coentro, losna, arruda, cravo de defunto e outras);

15 litros de água;

10 colheres de sopa de sabão derretido ou cinza.

Como preparar a solução:

1° Passo: extração das substâncias repelentes das plantas.

Pegar 1 kg de folhas de plantas de cheiro forte e deixar de molho em 5 litros de água
durante 10 dias.

2° Passo: adição do sabão a solução.

Depois de 10 dias, retirar 1 litro da solução e acrescentar 10 colheres (sopa) de sabão
derretido ou 10 colheres de cinza. Após isso, colocar mais 10 litros de água.

3° Passo: pulverização.

Depois de diluída a solução, pulverizar nas plantas que estiverem sendo atacadas.

Controle por Bacillus thuringiensis

O Bacillus thuringiensis (Bt) é uma bactéria que é comumente usada como uma opção natural de controle de pragas, incluindo lagartas. O Bt produz proteínas tóxicas que, quando ingeridas pelas lagartas, destroem seu trato digestivo, levando à morte.

Bacillus thuringiensis
Fonte: Pexels

O Bt é geralmente vendido na forma de um produto líquido ou em pó, que pode ser misturado com água e aplicado nas plantas usando um pulverizador. O produto deve ser aplicado diretamente nas folhas, caules e outras partes das plantas onde as lagartas estão presentes. A aplicação deve ser repetida a cada 7-10 dias, ou conforme indicado na embalagem, para garantir que as lagartas sejam eliminadas completamente.

lagarta morta por BT
Lagarta morta por Bt
Fonte: Fonte: Ted Radovich

O Bacillus thuringiensis é geralmente encontrado em lojas de jardinagem e em lojas especializadas em produtos orgânicos e naturais. É importante certificar-se de que você está comprando um produto de qualidade e seguir as instruções de aplicação cuidadosamente para garantir a eficácia do produto.

O Bt é uma opção eficaz de controle de lagartas e é considerado seguro para uso em plantas comestíveis, pois é uma substância natural e não tóxica para humanos e animais de estimação. No entanto, é importante usá-lo com moderação e seguir as instruções cuidadosamente para minimizar qualquer impacto negativo no ecossistema do seu jardim.

Óleo de Neem

O óleo de neem é um óleo vegetal extraído das sementes da árvore de neem, que é nativa da Índia e outras regiões da Ásia. É um produto natural amplamente utilizado em jardinagem como uma opção de controle de pragas, incluindo lagartas, por suas propriedades repelentes e inseticidas.

Azadirachta indica ecycle
Fonte: E-cycle

O óleo de neem contém compostos chamados azadiractina, nimbidina e salanina, que são tóxicos para as lagartas e outros insetos, mas seguros para as plantas, animais e seres humanos. Esses compostos atuam como repelentes, impedindo que as lagartas se alimentem das plantas, além de interromper o ciclo de vida das pragas, evitando que os ovos eclodam e as larvas se desenvolvam.

O óleo de neem é geralmente vendido como um produto líquido que pode ser diluído em água e aplicado nas plantas usando um pulverizador. É importante seguir as instruções na embalagem, incluindo a diluição adequada, a frequência e a dosagem da aplicação, para garantir a eficácia do produto.

O óleo de neem é uma opção eficaz e segura de controle de pragas para o jardim, incluindo lagartas, e pode ser usado como parte de um programa integrado de manejo de pragas para maximizar os resultados. No entanto, como acontece com qualquer opção de controle de pragas, é importante seguir as instruções cuidadosamente e monitorar regularmente suas plantas para garantir que a infestação seja controlada. 

Controle usando armadilhas

As armadilhas são uma opção de controle de pragas para as lagartas que consiste em atrair as pragas para uma armadilha e capturá-las. Existem vários tipos de armadilhas que podem ser usados, incluindo armadilhas adesivas, armadilhas de luz e armadilhas de feromônio.

armadilha largata do milho Nordeste Rural
Fonte: Nordeste Rural

As armadilhas adesivas são placas revestidas com uma cola pegajosa que as mariposas que ovopositam os ovos que formam as larvas são atraídas para, e ficam presas na cola. Essas armadilhas são geralmente penduradas em árvores, arbustos ou em torno das plantas infestadas.

As armadilhas de luz são equipamentos que atraem as mariposas para uma fonte de luz, onde ficam presas dentro da armadilha.

Já as armadilhas de feromônio são usadas para atrair as mariposas do sexo oposto para uma armadilha, interrompendo o ciclo de reprodução.

As armadilhas são relativamente fáceis de usar e são uma opção segura e natural de controle de pragas. No entanto, é importante lembrar que as armadilhas são mais eficazes quando usadas como parte de um programa integrado de controle de pragas, juntamente com outras opções de controle, como a poda e a rotação de culturas.

armadilha feromonio lagartas Occasio
Fonte: Occasio

As armadilhas também devem ser monitoradas regularmente para garantir que as pragas sejam capturadas e removidas. É importante descartar as pragas capturadas em um saco plástico selado e jogá-las no lixo, em vez de jogá-las no jardim, pois isso pode levar a uma nova infestação.

As armadilhas podem ser encontradas em lojas de jardinagem e em lojas especializadas em produtos orgânicos e naturais. É importante escolher o tipo certo de armadilha para o tipo de lagarta que está afetando suas plantas e seguir as instruções cuidadosamente para garantir a eficácia do produto. 

Conclusão

No controle de lagartas, existem várias opções naturais e eficazes disponíveis para os agricultores e jardineiros. Desde o controle manual, o uso de plantas repelentes, o Bacillus thuringiensis, o óleo de neem, até as armadilhas, há muitas alternativas ao uso de pesticidas químicos.

É importante lembrar que a combinação de várias dessas opções é mais eficaz do que depender de apenas uma, além de garantir um controle de pragas sustentável e seguro para as plantas, para o meio ambiente e para a saúde humana. A utilização dessas alternativas naturais de controle de pragas, além de contribuir para a sustentabilidade, também promove uma agricultura e jardinagem mais consciente e saudável para todos.

Referências

Coordenação de Agroecologia – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Fichas Agroecológicas. Disponível em: https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/sustentabilidade/organicos/fichas-agroecologicas/arquivos-sanidade-vegetal/32-plantas-repelentes-e-insetos.pdf

Gilberto
Gilbertohttps://pergunteaoagronomo.com.br/
Sou Engenheiro Agrônomo, formado pela Universidade Federal de Viçosa – UFV, possuo MBA em Agronegócios pela Esalq-USP. Tenho mais de 20 anos de experiência no cultivo de orquídeas e experiência internacional em hortaliças e frutiferas.

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

11,909FãsCurtir
2,306SeguidoresSeguir
1,098SeguidoresSeguir
21,400InscritosInscrever
- Anúncio -

Últimos Artigos

- Anúncio -