Pontuação dos leitores
[Total: 3 Média: 5]

A magnólia liliflora não é uma planta muito conhecida no Brasil, apesar de sua utilização estar cada vez mais presente nos lares brasileiros.

Essa planta é muito famosa por fotos na internet onde as flores, antes de abrirem, lembram um pássaro. Duvida? Olhe a foto abaixo:

botão da magnólia liliflora parecendo pássaro
Fonte: CGTN

É importante dizer que não são todas as flores que se parecem com as aves. Essa semelhança é proveniente de um pequeno problema na borda do botão floral e tudo depende do ângulo da foto.

Por isso, não se engane, as magnólias antes de abrirem não se parecem com um pássaro, obrigatoriamente.

botão floral da magnólia semelhante a um pássaro
Fonte: Beautiful China

Conheça mais dessa pequena árvore e não perca tempo, por que ela tem um crescimento bem lento! 😉

Origem

A Magnolia liliflora é nativa da Ásia (Centro-Sul da China e Sudeste da China) e é bem conhecido no Japão, sendo amplamente plantada lá.

É um arbusto, ou seja, uma árvore pequena em forma compacta e arredondada.

Magnolia liliflora pertence à família das Magnoliaceae, e seu cultivo é muito antigo.

mapa do habitat da magnólia
Fonte: Plants of the World Online

Existem diversos nomes populares para essa planta: magnólia-roxa, magnólia-preta, tulipa-de-árvore, magnólia-mulan, magnólia, magnólias vermelhas, Jane magnólia, orquídea amadeirada.

O habitat natural dessa planta apresenta invernos frios, verões muito quentes (em algumas ocasiões, com fortes picos de temperatura) e chuvosos, com alta porcentagem de umidade.

Características Gerais da Magnólia

Essa árvore alcança aproximadamente de 2,4 metros a 3,6 metros de altura, apresenta folhas caducas (em certa época do ano perde as folhas) e floresce no início da primavera com grandes flores rosas a roxas dependendo se elas estão abertas ou em botão.

Veja mais detalhes dessa planta nos vídeos abaixo:

Um fato interessante é que as algumas magnólias possuem uma película na parte externa dos botões florais que a protege do frio, quando o clima esquenta a película se rompe.

Como cultivar Magnolia liliflora

Para cultivar essa planta você vai precisar de um lugar bem ensolarado e um solo rico em nutrientes. O solo é um dos principais fatores para ter sucesso com ela. Evite locais do seu jardim onde os ventos são fortes, pode fazer com que todas as flores caiam rapidamente.

O crescimento dessa planta é bem lento, então prepare sua paciência.

1)Iluminação ideal

Sua Magnólia deve ser plantada em um local onde possa receber iluminação direta, por no mínimo 7 horas ao dia. Caso não receba essa quantidade, a floração pode vir mais fraca e a planta pode não se desenvolver bem.

2)Temperatura e Umidade

A Magnolia liliflora é melhor cultivada em ambientes sem a presença de ventos fortes e temperaturas muito frias que podem matar os botões florais.

Por outro lado, deve-se evitar também regiões muito quentes, o calor excessivo faz com que as florações sejam menores e antecipadas.

3)Solo Ideal

Como dito na introdução desse tópico, a qualidade do solo é um dos fatores primordiais para que você consiga ter essa planta.

O tipo de solo deve ser ligeiramente ácido, úmido (mas não encharcado) e rico em matéria orgânica.

solo para cultivo de magnólia

Antes de plantar sua magnólia prepare bem a terra com adubos orgânicos como o bokashi, esterco e o húmus de minhoca.

Após o plantio, coloque uma camada de folhas ou palha no pé da planta, isso fará com que a umidade permaneça no solo por mais tempo e ajuda a equilibrar a temperatura do solo.

palhada para plantio de magnólia

4)Irrigação

Nos primeiros anos da sua planta, irrigue regularmente até que a árvore se adapte ao local onde ela foi plantada.

Após a adaptação, você pode diminuir a frequência de irrigações, mas sempre lembrando que a planta não tolera secas prolongadas.

5)Adubação

Essa pequena árvore não necessita ser adubada com frequência, pode-se apenas renovar a matéria orgânica do solo utilizando um adubo orgânico anualmente, como o bokashi, por exemplo.

Como podar Magnolia liliflora

Em geral essa planta não necessita de muitos cuidados em relação a poda. Importante dizer que a poda severa (a que elimina quase todos os galhos da planta) não deve ser feita de forma alguma.

Quando necessário deve-se apenas retirar os caules mortos, doentes ou danificados.

A poda da Magnólia deve ser feita somente após as florações.

Corte os galhos que adentram no meio da árvore, eles diminuem a luminosidade e a aeração dentro da planta.

galho de magnolia liliflora crescendo para a parte de dentro

remoção do galho crescendo para dentro da planta

Como propagar Magnólia

Existem três formas de se propagar essa planta: sementes, divisão de mudas e atraves de estacas.

Sementes

As sementes são retiradas de plantas já adultas, saiba que em magnólias híbridas as sementes podem gerar plantas diferentes da planta mãe.

Se você a cultivar a partir de sementes, ela pode levar de 10 a 15 anos para atingir a maturidade.

Mudas de magnólia

Mudas de magnólia podem surgir na base da planta, então basta que a separe da planta mãe e cultive em outro local.

As mudas também podem ser adquiridas em floriculturas e viveiros.

Estacas

A primeira coisa que deve ter em mente para fazer suas estacas é desinfetar seu equipamento de corte.

Faça estacas de 15 a 20 cm no início do verão, depois que os botões do ano seguinte se firmarem. 

Pegue as estacas das pontas dos galhos em crescimento e remova todas as folhas da base, não retire aquelas da parte mais superior. 

Na base da estaca, faça um corte diagonal de aproximadamente 5 cm e coloque essa ponta em um enraizador. Plante a muda em um vasinho com terra bem leve e aerada, como o substrato para hortaliças.

O vaso deve ficar em um local protegido do sol direto, mas em ambiente bem iluminado.

Irrigue com frequência a fim de manter as mudas úmidas até que as raízes se desenvolvam bem, após isso basta plantá-las no local definitivo.

Tipos de Magnolia liliflora

Atualmente existem diversas variedades dessa planta. Veja abaixo algumas delas:

M. liliflora ‘Nigra’

Esse tipo possui suas flores de coloração mais escuras do que a tradicional.

flor da  M. liliflora 'Nigra'
Fonte: Van den Berk Nurseries

M. liliflora ‘O’Neil

É uma das variedades mais altas dessa planta. As flores também são roxas.

flor da M. liliflora 'O'Neil '
Fonte: Edgewood Gardens

M. liliflora ‘Gracilis’

aspecto da M. liliflora 'Gracilis'
Fonte: The National Gardening Association

flor da M. liliflora 'Gracilis'
Fonte: The National Gardening Association

M. liliflora ‘Jane’

M. liliflora 'Jane'
Fonte: Amazon

Ideias para seu jardim

quintal com magnolia liliflora
Fonte: Waitrose Garden

Magnolia liliflora grande no quintal
Fonte: Oregon State University

canteiro com magnólia
Fonte: USU’s Tree Browser

Jardim frontal com magníólia
Fonte: LUXCLUSIF

Jardim com magnólia
Fonte: jen04011

canteiro no jardim com magnólia e outras plantas
Fonte: Joel Abroad

Conclusão

Após a leitura desse artigo você foi capaz de conhecer a Magnolia liliflora, planta asiática e muito conhecida fora do Brasil, mas seu cultivo aqui ainda está incipiente.

Seu cultivo é simples e em jardins pode ser utilizada em canteiros e locais mais abertos e espaçosos, visto que é uma pequena árvore.

O principal fator para que tenha sucesso no cultivo é o solo, este deve ser levemente ácido e com bastante matéria orgânica.

Por ser uma planta de crescimento lento, muita gente não tem paciência com ela, mas para quem tem é uma excelente opção para seu jardim.

Participe do Grupo do Telegram 1
29 Shares:

Deixe uma resposta

Você também pode gostar: