Girassol: Benefícios, Curiosidades e Dicas de Cultivo

Pontuação dos leitores
[Total: 4 Média: 4]

O girassol, ou melhor dizendo o stalker (perseguidor) do sol, possui várias utilidades e é muito utilizado em diversos produtos.

Já foi em algum local e uma pessoa não parava de te olhar?

Você vai para um lado, vai para o outro e a pessoa continua te olhando. Isso é basicamente o que o girassol faz com o sol enquanto está em crescimento.

Girassol: Benefícios, Curiosidades e Dicas de Cultivo

Situação desconfortável para o sol, não? Mas tem um motivo para isso acontecer.

Nesse artigo eu vou te ensinar como cuidar do girassol, vou te explicar o motivo dele ficar “olhando” sempre em direção ao sol, vou te contar as utilidades e os benefícios dele e muito mais!

Continue a leitura para descobrir informações super valiosas.

Índice hide

Origem do girassol

Foi descoberto na América do Norte, onde os povos indígenas da tribo Hopi, no norte do Arizona, descobriram que as sementes dessa planta eram muito nutritivas.

Pesquisas sugerem que eram cultivados por esses índios 3000 anos A.C. e alguns arqueólogos dizem que foi domesticada primeiro que o milho.

É a flor oficial do estado de Kansas, nos Estados Unidos.

Apesar de ser dos Estados Unidos, começou a ser comercializada na Rússia.

O nome comum, “girassol”, normalmente se refere à espécie Helianthus annuus.

Em grego, “helios” significa sol e “anthos” significa flor, daí o nome Helianthus .

Caminho do Girassol

Exploradores espanhóis levaram essa planta para Europa em torno de 1500 D.C.

No século 18 a planta chegou à Rússia, isso porque “Peter o magnífico” se apaixonou pelas flores enquanto visitava a Europa e levou várias sementes para lá.

Na época, as restrições da igreja ajudaram a popularizar a planta na Rússia, isso porque na quaresma era proibido o consumo de gordura, porém nada foi dito sobre o óleo de girassol.

Logo em seguida, o girassol ganhou uma popularidade imensa no local.

A patente da extração do óleo de girassol foi feita um tempo depois, em 1716, na Inglaterra.

Em 1830 os campos da Rússia já estavam cheios dessas flores amarelas e a produção de óleo de girassol em larga escala começou a ser feita.

Bom, agora que vocês já possuem uma boa ideia de como tudo iniciou, já podemos avançar um pouco mais no assunto! 🙂

(Sim, há mais coisas a serem ditas, mas isso vai ficar para um outro dia)

Significado do nome

O significado do girassol varia de acordo com a cultura. Os girassóis simbolizam longevidade, lealdade e adoração.

Essas flores são únicas porque têm a capacidade de fornecer energia na forma de nutrição e vitalidade.

São conhecidos por serem flores “felizes”, tornando-os o presente perfeito para trazer alegria ao dia de alguém (ou ao seu dia).

Mito do Girassol

Há um mito grego, de Hélio e Clítia que explica o motivo pelo qual os girassóis se voltam para o sol, a história é um pouquinho triste, mas vale a pena conhecer esse mito.

interested michael jackson GIF

A lenda conta a história da formosa ninfa das águas, filha de Oceano e de Tétis, chamada Clítia.

Ela se apaixonou pelo Hélio, personificação do Sol na mitologia grega, quando o viu caminhando pelos céus com sua carruagem (de leste a oeste, todos os dias).

É importante diferenciar nessa história Hélio e Apollo. O primeiro era um titã, já Apollo é o Deus do sol.

Ela vivia olhando sua luz luz e sentindo o calor dos raios solares em seu corpo, imaginando que eram carícias feitas por Hélio.

Hélio também se apaixonou por Clítia, mas a abandonou para ficar com Leucótoe. 🙁

Para vingar-se, Clítia contou ao pai de Leucótoe sobre o relacionamento dos dois, e este trancou a filha em uma torre escura, para que não pudesse mais ver Hélio.

Hélio então cheio de raiva, passou a desprezar Clítia e passou a se esconder atrás das nuvens.

Clítia chorou por 9 dias seguidos, se alimentando apenas das próprias lágrimas.

Apollo então, apiedado decidiu transformar Clítia em uma flor, que vive girando em torno de si mesma, a buscar os raios do Sol (Hélio), flor essa chamada de Girassol.

sad andre johnson GIF

Usos do girassol

Das sementes de oleaginosas, dados de 2016 mostram que o girassol é a terceira mais produzida no mundo, ficando atrás da canola e da soja.

O girassol pode ser utilizado para diversas finalidades, como planta ornamental, substituindo outros grãos como amêndoas, para extração de óleo e farelo (ração) para alimentação de aves, suínos e bovinos.

Além disso, pode ser consumido na alimentação humana in natura, tostado, salgado.

Girassol como planta ornamental

Essa planta chama muita atenção por suas cores vivas e brilhantes. Os enfeites e efeitos paisagísticos que se pode obter com ele são diversos, veja alguns exemplos:

Enfeite de mesa:

vaso de girassóis
Vaso de Girassóis

vaso de girassol
Vaso de girassóis

Buquês de flores

buquê de girassol
Buquê de girassóis

Paisagem de fotos e celebrações de casamentos

paisagem girassol
Foto de casamento
casamento girassol
Fonte: Blog casar
enfeite casamento girassol
Enfeite de casamento
Fonte: blog_lamour

Tatuagem de girassol

tatuagem girassol
Delicada tatuagem de girassol
Fonte: Cláudia abril

tatuagem girassol
Fonte: stayglam

Girassol como alimento

Apesar do uso como ornamental ser grande, não supera o uso como alimento, seja para seres humanos seja para animais.

Nessa parte você vai conhecer alguns desses usos alimentícios.

Variedades para alimento e para extração do óleo de girassol

Antes de tudo, é importante destacar que existem as variedades oleaginosas e as variedades não oleaginosas.

Os grãos não oleaginosos são caracterizados por serem maiores, de coloração preta com listras brancas e sua casca é de fácil remoção.

Esse tipo de semente de girassol é destinado para alimentação de pássaros ou pelo ser humano na forma de amêndoas, misturadas em snacks, bolos e granolas.

Já os grãos oleaginosos são caracterizados por serem menores, pretos sem listras e cascas fortemente aderidas e são utilizados para extração de óleo.

Óleo de Girassol

A planta passou por diversas melhorias genéticas para que sua produção de óleo fosse potencializada.

A extração do óleo de girassol passou a ter grande importância econômica e atualmente essa é a principal finalidade da produção.

óleo de girassol

O óleo de canola e o de girassol são os melhores para consumo, isso porque o óleo de girassol possui ácidos graxos essenciais que contribuem para redução dos níveis do mau colesterol e na prevenção de doenças vasculares.

Importante destacar que a quantidade de óleo presente também depende da região, sendo que em regiões mais quentes as sementes possuem menos óleo.

Semente de girassol para aves

Esse é talvez o segundo uso mais comum da planta. O girassol é muito utilizado para alimentar aves, como um produto in natura.

sementes de girassol passaro

Farinha de girassol para animais maiores

Vários estudos compravam que substituir parte do farelo de soja ou milho fornecido aos animais por farelo de girassol reduz o custo de produção em frangos de corte, cordeiros, bovinos e outros animais.

Esse farelo é feito a partir do aproveitamento e trituramento do caule, folhas e outras partes residuais que não foram aproveitadas.

farinha de girassol

Sementes de girassol para alimento humano

Há vários produtos feitos com o girassol, desde barras de cereais até mesmo comidas mais sofisticadas. Veja alguns pratos feitos com essas sementes:

Salada com sementes de girassol
Salada com sementes de girassol
Fonte: girasol usa

Pães com sementes de girassol
Pães com sementes de girassol
Fonte: girasol usa

Cogumelos com sementes de girassol
Cogumelos com sementes de girassol
Fonte: girasol usa

Biscoitos com sementes de girassol
Biscoitos com sementes de girassol
Fonte: girasol usa

Bom como não deveria deixar de colocar, veja essa receita de um cookie feito com essas sementes:

Sabão de girassol

Essa planta também pode ser utilizada na fabricação de papel, sabões, cestas e outros produtos.

Girassol: Benefícios, Curiosidades e Dicas de Cultivo
Fonte: soapy fun

Arte e girassol de Van Gogh

É sabido que o girassol é e já foi inspiração para muitas coisas. Como viu acima, desde delicadas tatuagens até quadros de artistas consagrados.

Um desses artistas consagrados é o Van Gogh. Inspirado nos girassóis ele fez não apenas um mas cinco versões de um quadro onde ele retrata os girassóis, entrem 1888 e 1889.

No quadro Os Girassóis Van Gogh busca colocar todos os tons de amarelo possíveis, porém infelizmente com o tempo os pigmentos perderam um pouco da cor.

Veja o famoso quadro:

Os girassóis Van Gogh
Os girassóis Van Gogh
Fonte: National Galley

Benefícios do girassol

Girassol é rico em ácidos graxos

O óleo é rico em ácidos graxos essenciais, principalmente o ácido linoléico com cerca de 60%.

Esses ácidos são aqueles que não podem ser produzidos pelo organismo humano e devem ser ingeridos através da alimentação.

Vários estudos mostram que o consumo desse óleo contribui para a redução dos níveis de colesterol plasmático total e do LDL-colesterol, conhecido como mau colesterol.

Sendo assim, contribui na prevenção de doenças como a arteriosclerose, enfarto do miocárdio, acidentes vasculares cerebrais e tromboses.

Sementes de girassol são ricas em fibras

A dieta rica em fibras ajuda no processo digestivo e intestinal, promovendo saciedade, facilitando o fluxo alimentar pelo interior das paredes intestinais, além de ajudar a recompor toda a flora intestinal .

As fibras ajudam a prevenir várias doenças como varizes, câncer de cólon, hemorróidas, tumores intestinais e diabetes.

Rico em proteínas

Possui boas quantidades de aminoácidos essenciais, exceto a lisina.

Fonte de vários nutrientes inorgânicos

Há diferentes concentrações dos elementos, dependendo do que você consumir.

Por exemplo: você pode achar que estará consumindo bastante cálcio se comer uma semente de girassol, mas se você retirar a casca para se alimentar, todo o cálcio vai embora.

Por isso, farei a diferenciação dos nutrientes inorgânicos encontrados em cada parte.

Para entender melhor (de forma simplificada)

As amêndoas correspondem ao endosperma da semente de girassol, que é a massa que recobre o embrião e serve de alimento para a plantinha germinar.

De forma simplificada, os grãos se diferenciam das sementes apenas pelo modo de consumo. O grão é utilizado como alimento diretamente ou após transformado pela indústria. Semente é tudo aquilo que nasce.

Girassol: Benefícios, Curiosidades e Dicas de Cultivo

Nos grãos, os elementos predominantes em maiores concentrações são o ferro (1,16 mg/kg), cromo (0,09 mg/kg) e níquel (0,05 mg/kg).

Nas amêndoas são o enxofre (37 mg/kg), fósforo (147 mg/kg), magnésio (88 mg/kg), cobre (0,41 mg/kg), manganês (0,31 mg/kg) e zinco (1,52 mg/kg).

E por fim, nas cascas são o cálcio (93 mg/kg), potássio (210 mg/kg), alumínio (2,48 mg/kg), bário (0,12 mg/kg), estrôncio (0,37 mg/kg) e sódio (0,82 mg/kg).

Fonte de vitaminas do complexo B, E

A vitamina E é boa para a saúde da pele, de forma geral, além disso tem capacidade anti-inflamatória e antioxidante.

As vitaminas do complexo B encontradas são ácido nicotínico, tiamina, ácido pantotênico, riboflavina e biotina.

Essas vitaminas ajudam na redução do colesterol, prevenir doenças causadas pela deficiência de tiamina e de doenças que resultam desta, como o beribéri, síndrome de Korsakoff e a psicose de Korsakoff, ajudam a controlar a capacidade de resposta do corpo ao estresse e no metabolismo das proteínas, gorduras e açúcares e outros efeitos positivos.

Sementes de girassol são fontes de fitosteróis

Esse grupo de esteróis ajudam a aliviar os sintomas da menopausa.

Sementes de girassol são fontes de selênio

O selênio é um antioxidante super potente, por isso elas ajudam no combate aos radicais livres que podem causar doenças degenerativas e envelhecimento precoce, como citado no artigo: Os 10 incríveis benefícios da ora-pro-nóbis e como cultivá-la.

O que faz o girassol girar?

O girassol quando está crescendo tem como especialidade captar o máximo de luz do sol e esse movimento de girar para a direção dele o ajuda a fazer isso.

Muita gente não sabe, mas a causa do girassol girar é devido a hormônios presentes na planta, mais especificamente no caule.

O crescimento do caule responde à radiação solar (ou melhor, a não incidência de radiação solar).

Durante o dia, o lado do caule que não recebe luz acumula o hormônio de nome auxina. Esse é o hormônio que regula o crescimento das plantas.

Sendo assim, essa parte que acumula o hormônio de crescimento crescerá mais do que a parte onde ele não se acumulou, o que faz a flor ficar direcionada para o sol.

Veja o desenho esquemático do que ocorre:

Girassol: Benefícios, Curiosidades e Dicas de Cultivo

Com o movimento do sol, a parte não iluminada por ele começa a ser, então a auxina migra para o outro lado que antes estava iluminado, como se fugisse do sol.

Essa migração faz a flor girar na direção do sol, pelo crescimento da outra parte do caule.

Depois que a luz acaba, esse efeito cessa e o girassol volta para sua posição original.

Veja o vídeo desse movimento:

A planta adulta, que já cresceu tudo que tinha que crescer, cessa esse movimento de girar para o sol e fica sempre direcionada para a direção leste.

Há também um caso super interessante onde o girassol não gira e não faz nada quando ele está escutando raça negra. 😛

Não entendeu? Dá uma olhada nesse vídeo:

Qual a importância do girassol para a natureza?

Além dos efeitos paisagísticos ele tem uma função super importante: fornecer alimento para pássaros, abelhas e pequenos animais.

A flor do girassol é um conjunto de aproximadamente 2 mil micro flores, imagine a quantidade de alimento que uma flor pode fornecer para uma abelha?

Girassol: Benefícios, Curiosidades e Dicas de Cultivo

Portanto, se deseja ajudar o meio ambiente plante pelo menos um pé de girassol em seu jardim. 🙂

Os pássaros também apreciam muito essa planta, principalmente pelas sementes.

Girassol: Benefícios, Curiosidades e Dicas de Cultivo

Outro animais e insetos também se beneficiam dessa planta:

Girassol: Benefícios, Curiosidades e Dicas de Cultivo

Girassol: Benefícios, Curiosidades e Dicas de Cultivo

Como cultivar girassol

Finalmente chegamos à parte que eu mais gosto, sobre como cuidar do girassol.

Após essa introdução, até eu estou louco para plantar um pé de girassol em minha casa, ainda mais porque tenho algumas abelhas sem ferrão que podem se beneficiar muito com ele.

No Brasil, o girassol consegue se adaptar às mais diversas condições climáticas e seu rendimento é pouco influenciado pela latitude, altitude ou pelo tempo de exposição ao sol.

Ele também se adapta bem a temperaturas baixas e até mesmo estresse hídrico.

Meu girassol secou, por quê?

Essa planta é um arbusto anual, ou seja, ele nasce, se desenvolve (crescendo), floresce e morre dentro de aproximadamente um ano.

Então para quem estava pensando em ter uma planta dessa para sempre, infelizmente isso não será possível.

Porém, é tão fácil de plantar que basta fazer novas mudas.

Como germinar girassol?

Antes de explicar como germina-lo é necessário que saiba a melhor época para fazê-lo, claro que no cultivo caseiro a época de semeadura não influencia muito.

Qual época para plantar girassol?

A época de semeadura ideal varia de acordo com a região brasileira.

Segundo Embrapa, a implantação das lavouras deve ser feita nas épocas indicadas pelo zoneamento agroclimático, que define as épocas e locais de semeadura com menor risco de déficit hídrico à exploração da cultura (disponível em Agritempo), bem como na experiência do agricultor em relação às particularidades de cada microrregião.

Segundo estudo, as épocas de semeadura mais indicadas para a cultura, no Brasil, são de janeiro à segunda quinzena de fevereiro para Goiás e Centro-Oeste; de agosto até meados de outubro para o Paraná; de 21 de julho até meados de outubro no Rio Grande do Sul e de fevereiro a março para São Paulo, novembro em áreas de reforma de cana-de-açúcar, agosto a setembro no sudeste do estado e regiões de inverno frio e chuvoso.

Escolha da variedade

No mercado há várias variedades, e o que você plantará dependerá do seu interesse. Por exemplo se o seu desejo é plantar com a intenção de vender as flores, deve escolher a variedade de flor única, para jardins você pode escolher uma variedade com mais flores.

Os girassóis também podem ser cultivados em vasos, mas para isso seria melhor buscar sementes de variedades menores.

Veja que delicadeza desse girassol em um vaso autoirrigável:

vaso autoirrigavel girassol
Fonte: Deskgram

Como plantar

Para plantar as sementes é muito simples e não há mistério, elas podem ser plantadas no local definitivo sem maiores problemas (claro que para cultivos comerciais o solo deve ser preparado anteriormente)

Revolva o local e faça uma pequena cova, de aproximadamente 4 cm de profundidade. Insira as sementes e irrigue sempre que estiver seco (até que germinem). Aproximadamente 2-3 vezes por semana.

Para potencializar o crescimento, faça uma adubação orgânica. Recomendo o adubo orgânico do tipo bokashi para esse fim.

Em condições normais o girassol germina em 7 dias.

Espaçamento ideal

Em cultivos comerciais, o espaçamento entre linhas mais indicado para a cultura do girassol é de 70 cm. Contudo, a distância entre linhas pode variar de 50 a 90 cm.

Adubação ideal

A adubação está diretamente relacionada a fertilidade do solo, sendo assim cultivos comerciais devem fazer a análise do solo para melhor definir quais nutrientes estão faltando no terreno.

Já em cultivos caseiros, eu recomendo apenas a adubação orgânica com esterco de vaca, farinha de ossos ou algum adubo mais completo que já possua todos os nutrientes, como o bokashi.

Quanto tempo demora para o girassol florescer?

Após o plantio, a colheita do girassol será feita após aproximadamente 50 dias.

Com a floração, o ciclo de vida do girassol termina.

crescimento do girassol
Fonte: Vecteezy.com

Variedades de girassol

Nessa parte do artigo vou apresentar para você algumas das variedades existentes, confira:

Amaricano gigante

Girassol Amaricano gigante
Fonte: Veseys

Arranha-céu (Helianthus annuus)

girassol Arranha-céu
Fonte: Eden brothers

Schweinitz (Helianthus schweinitzii)

girassol Schweinitz

Russo Mammoth

girassol Russo Mammoth

Urso amarelo

Girassol Urso amarelo
Fonte: National Garden Bureau

Helios Flame

Helios Flame
Fonte: Swallowtail Garden Seeds

Moulin Rouge

Girassol Moulin Rouge
Fonte: Imgur

Conclusão

Através desde artigo você aprendeu sobre a origem do girassol, e que possivelmente essa planta foi domesticada antes mesmo do milho.

Além disso, descobriu todos os benefícios para a saúde que essa planta proporciona, além de diversos usos. De delicadas tatuagens, consumo in natura até farelos para alimentação animal.

Viu também que o hormônio auxina faz o girassol girar e acompanhar o sol.

Na parte sobre como cuidar do girassol, viu qual é a melhor época para o plantio e descobriu que é uma planta super fácil de ser plantada.

Portanto não perca tempo, plante um pé de girassol em sua casa e ajude a beneficiar vários insetos e pequenos animais.

Comentários

Deixe uma resposta